Concurso para Técnico Superior de Física Hospitalar do CH São João: Lista de Admitidos e Excluídos e Data das Entrevistas

Saiu a Lista de Admitidos e Excluídos e as datas das entrevistas referentes ao Concurso para Técnico Superior de Física Hospitalar do Centro Hospitalar de São João.

Veja a Lista de Admitidos e Excluídos e Datas das Entrevistas (Ata n.º 2)

Veja os Critérios de avaliação (Ata n.º 1)

Veja a abertura deste concurso:

Aberto Concurso para Técnico Superior de Saúde – Ramo Física Hospitalar – CH São João

 

Concurso para Técnico Superior Psicólogo Clínico da ULS Guarda: Admitidos, Excluídos e Parâmetros de Avaliação

Saíram as Atas do Concurso para Técnico Superior Psicólogo Clínico, da Unidade Local de Saúde da Guarda:

Ata nº 1 – Parâmetros de Avaliação

Ata nº 2 – Admitidos e Excluídos

Todas as questões deverão ser colocadas à Unidade Local de Saúde da Guarda.

Veja a abertura deste concurso:

Aberto Concurso Para 5 Áreas Profissionais – ULS da Guarda

Concurso para TDT de Radiologia do CH Setúbal: Critérios de Admissão

Saíram os Critérios de Admissão relativos ao concurso para Técnico de Diagnóstico e Terapêutica de Radiologia, do Centro Hospitalar de Setúbal.

Veja os Critérios de Admissão (Ata n.º1), publicados a 30/07/2015

Todas as questões deverão ser colocadas ao Centro Hospitalar de Setúbal.

Veja também:

Concurso para TDT de Radiologia do CH Setúbal: Lista de Avaliação Curricular

BTE: Projeto Legislativo que cria Incentivo aos Médicos de Família das USF e UCSP em Zonas Carenciadas

O prazo de apreciação pública do projeto é de 20 dias.

« (…) Normas com incidência nos trabalhadores com vínculo de emprego público, regulada pela Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas, aprovada em anexo à Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, constantes do projeto legislativo que cria um mecanismo temporário de incentivo pelo aumento da lista de utentes aos trabalhadores médicos especialistas de medicina geral e familiar a exercer funções em Unidades de Saúde Familiar (USF) de modelo A e nas Unidades de Cuidados Saúde Personalizados (UCSP), em zonas geográficas qualificadas como carenciadas. (…)»

Veja aqui a Separata do Boletim do Trabalho e Emprego de 30/07/2015.

16 Candidaturas ao Reconhecimento como Centro de Referência – DGS

Veja também: Centros de Referência: Condições para a Apresentação de Candidaturas à Obtenção de Reconhecimento pelo Ministério da Saúde – 27/07/2015

Informação da DGS de 30/07/2015:

Com a sua publicação, amanhã, em Diário da República, inicia-se o processo de abertura de 16 candidaturas ao reconhecimento de Centros de Referência pelo Ministro da Saúde, uma vez que um dos objetivos do Sistema de Saúde é a melhoria da qualidade da prestação de cuidados de saúde, tornando-os mais eficientes e efetivos e, portanto, convergentes com a melhor prática em outros países europeus.

Uma das estratégias para atingir tal objetivo é o reconhecimento oficial pelo Governo de Centros de Referência, entendidos como qualquer serviço, departamento ou unidade de saúde, reconhecido como o expoente mais diferenciado de competências na prestação de cuidados de saúde em situações clínicas que, devido à sua complexidade, exigem uma particular concentração de recursos técnicos, tecnológicos, de conhecimento e de experiência, altamente especializados.

Por outro lado, na sequência da Diretiva n.º 2011/24/EU do Parlamento Europeu e do Conselho, relativa ao exercício dos direitos dos doentes em matéria de cuidados de saúde transfronteiriços, a Comissão Europeia lançará a seu tempo as Redes Europeias de Referência, às quais se poderão vir a candidatar os centros de referência que já se encontrem reconhecidos pelo Governo de cada Estado-membro.

O processo de candidaturas, que se inicia amanhã, para as áreas de cancros raros, transplantação de órgãos e doenças genéticas, será progressivamente alargado a outras áreas clínicas.

Centros de Referência

Centro de Referência é qualquer serviço, departamento ou unidade de saúde, reconhecido como o expoente mais elevado de competências na prestação de cuidados de saúde de elevada qualidade em situações clínicas que exigem uma concentração de recursos técnicos e tecnológicos altamente diferenciados, de conhecimento e experiência, devido à baixa prevalência da doença, à complexidade no seu diagnóstico ou tratamento e/ou aos custos elevados da mesma, sendo capaz de conduzir formação pós-graduada e investigação científica nas respetivas áreas médicas.

Legislação

Relatório final do grupo de trabalho para o desenvolvimento da rede de Centros de Excelência

No dia 04/04/2014 é publicado no Portal da Saúde o Relatório Final dos Centros de Referência, elaborado pelo grupo de trabalho criado pelo Despacho n.º 4319/2013, de 25 de março, do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, para proceder à definição do conceito de centro de referência, estabelecer os critérios de identificação e reconhecimento dos centros de referência pelo Ministério da Saúde, propor o modelo de implementação e financiamento, e conceção da forma de integração nas Redes Hospitalar Portuguesa e de Referência Europeia.

É conclusão do mencionado Relatório a necessidade de investimento em estruturas prestadoras de cuidados de saúde, altamente promotoras de relações custo-efetividade na prestação dos mesmos e guiadas por uma missão centrada na melhoria permanente de outcomes.