Arquivo de etiquetas: Especialista

Concurso de Especialista de Informática da ULS da Guarda: Lista Final de Candidatos Admitidos e Excluídos

Saiu a Lista Final de Candidatos Admitidos e Excluídos relativa ao concurso para Especialista de Informática na Unidade Local de Saúde da Guarda.

Todas as questões deverão ser colocadas à Unidade Local de Saúde da Guarda.

Veja todas as publicações deste concurso em:

Logo Diário da República

Regulamento Relativo à Atribuição do Título de Especialista pela Universidade da Madeira

«Regulamento n.º 8/2017

Regulamento relativo à Atribuição do Título de Especialista pela Universidade da Madeira

Com a aprovação do Regime Jurídico das Instituições do Ensino Superior, pela Lei n.º 62/2007, de 10 de setembro, o artigo 48.º daquele diploma passou a prever a atribuição, no âmbito do ensino politécnico, do título de especialista, o qual comprova a qualidade e a especial relevância do currículo profissional numa determinada área para o exercício de funções docentes no ensino superior politécnico.

Nessa conformidade, foi publicado o Decreto-Lei n.º 206/2009, de 31 de agosto, que veio aprovar o regime jurídico do título de especialista a que se refere o supra mencionado artigo 48.º da Lei n.º 62/2007, de 10 de setembro.

O presente regulamento tem como “norma habilitante” o mencionado Decreto-Lei, cuja disciplina visa desenvolver e ao qual se subordina.

Assim, obtido o assentimento da Comissão Académica do Senado e os pareceres favoráveis dos Conselhos Técnico-Científicos das Unidades Orgânicas de ensino politécnico, é aprovado o seguinte Regulamento:

Artigo 1.º

Objeto

O presente normativo destina-se a regulamentar os pressupostos a que obedece a atribuição do título de especialista na Universidade da Madeira.

Artigo 2.º

Título

1 – O título de especialista comprova a qualidade e a especial relevância do currículo profissional numa determinada área para os efeitos previstos no número seguinte.

2 – O título de especialista releva para efeitos de composição do corpo docente das instituições de ensino superior e para a carreira docente do ensino superior politécnico, não sendo confundível com, nem se substituindo, aos títulos atribuídos pelas associações públicas profissionais.

Artigo 3.º

Atribuição do título de especialista

1 – O título de especialista é atribuído, mediante a aprovação em provas públicas adiante designadas por provas, por um agrupamento de instituições satisfazendo os requisitos mencionados no artigo 4.º do Decreto-Lei n.º 206/2009, de 31 de Agosto.

2 – É pressuposto prévio da atribuição conjunta do título de especialista, a que se refere o número anterior, o acordo das entidades que integram o agrupamento, através dos seus órgãos competentes, no que concerne à determinação do regulamento aplicável.

Artigo 4.º

Âmbito de aplicação

1 – O presente normativo aplica-se sempre que a Universidade da Madeira seja considerada “instituição instrutora”, nos termos e para os efeitos do disposto no artigo 5.º do presente regulamento, e bem assim quando os normativos das entidades parceiras ou o acordo entre estas devolver para o presente instrumento a competência para regular a atribuição do título de especialista.

2 – Nos casos em que a Universidade da Madeira não seja a “instituição instrutora” aplicar-se-á o regulamento da entidade parceira que assuma essa condição, salvo se for acordado de forma diferente entre as partes.

Artigo 5.º

Instituição instrutora e constituição do agrupamento que atribui o título

1 – Para efeitos do disposto no presente Regulamento a Universidade da Madeira é considerada “instituição instrutora” sempre que o pedido de provas seja apresentado nesta instituição.

2 – Compete à instituição instrutora convidar as restantes instituições que vão integrar o agrupamento a que se reporta o n.º 1 do artigo 3.º

3 – Quando a Universidade da Madeira é a instituição instrutora, a constituição do agrupamento a que se refere o número anterior é da competência do Reitor, sob proposta do conselho técnico-científico da Escola Superior da Universidade da Madeira que ministra formação na área de atribuição do título em causa, e esse agrupamento deverá ser formado pela Universidade da Madeira e por mais duas instituições de entre os institutos politécnicos, as universidades que integram unidades orgânicas de ensino politécnico e as escolas de ensino politécnico não integradas, que ministrem formação nessa área.

Artigo 6.º

Área das provas

1 – As provas podem ser requeridas numa das áreas em que a Universidade da Madeira ministre formação, no âmbito das suas unidades orgânicas de ensino politécnico, de entre as áreas definidas na Classificação Nacional das Áreas de Educação e Formação ou outra que corresponda a um curso de formação inicial devidamente registado e/ou acreditado (portaria 256/2005 de 16 de março);

2 – Compete aos conselhos técnico-científicos das Escolas Superiores da Universidade da Madeira, definir as áreas de formação relevantes para efeitos do presente diploma.

Artigo 7.º

Provas

As provas para a atribuição do título de especialista são públicas e constituídas:

a) Pela apreciação e discussão do currículo profissional do candidato;

b) Pela apresentação, apreciação crítica e discussão de um trabalho de natureza profissional no âmbito da área em que são prestadas as provas, preferencialmente sobre um trabalho ou obra constante do seu currículo profissional.

Artigo 8.º

Certificado

O título de especialista é titulado por certificado emitido pela Universidade da Madeira e mencionará obrigatoriamente as restantes instituições associadas para a atribuição do título.

Artigo 9.º

Condições de admissão às provas

Pode requerer a realização das provas conducentes à atribuição do título de especialista quem satisfaça cumulativamente as seguintes condições:

a) Deter formação inicial superior e, no mínimo, dez anos de experiência profissional no âmbito da área para que são requeridas as provas;

b) Deter um currículo profissional de qualidade e relevância comprovada para o exercício da profissão na área em causa.

Artigo 10.º

Instrução do pedido

1 – Os candidatos à realização das provas conducentes à atribuição do título de especialista devem apresentar um requerimento ao Reitor, o qual deve indicar a área de realização das provas e ser acompanhado de um exemplar de cada um dos seguintes elementos:

a) Currículo, com indicação do percurso profissional, das obras e trabalhos efetuados e, quando seja o caso, das atividades científicas, tecnológicas e pedagógicas desenvolvidas;

b) Trabalho de natureza profissional a que se refere a alínea b) do artigo 7.º;

c) Obras mencionados no currículo que o candidato considere relevante apresentar.

2 – Dos elementos a que se referem as alíneas a) e b) do número anterior é ainda entregue um exemplar em formato digital.

3 – O requerimento é indeferido liminarmente por despacho do Reitor, após a realização de audiência prévia, sempre que o candidato não satisfaça a condição a que se refere a alínea a) do artigo 9.º

Artigo 11.º

Detentores do título de especialista atribuído por associação pública profissional

1 – O candidato que seja detentor do título de especialista atribuído por associação pública profissional nos termos dos respetivos estatutos pode, se assim o requerer, ser dispensado da realização da prova a que se refere a alínea b) do artigo 7.º, caso em que há apenas lugar à discussão do currículo profissional do candidato e à sua apreciação para o exercício de funções docentes.

2 – Compete ao júri das provas a verificação e aceitação dos pressupostos conducentes à dispensa da prova a que se refere o número anterior.

Artigo 12.º

Nomeação do júri

1 – O júri das provas é nomeado pelo Reitor nos trinta dias úteis subsequentes à receção do requerimento da candidatura.

2 – O despacho de nomeação do júri é, no prazo máximo de cinco dias úteis, notificado ao candidato e aos membros do júri, neste caso, acompanhado de cópia dos documentos a que se refere o n.º 1 do artigo 10.º, a qual pode ser em formato digital

Artigo 13.º

Composição do júri

1 – O júri das provas é constituído:

a) Pelo Reitor, que preside;

b) Por cinco vogais.

2 – Para efeito da alínea b) do número anterior:

a) Dois vogais devem exercer a profissão na área para que são prestadas provas e ser individualidades de público e reconhecido mérito nessa área;

b) Três vogais devem ser professores, investigadores ou especialistas de reconhecido mérito, nacionais ou estrangeiros, docentes em áreas do conhecimento relevantes para o exercício na área para que são requeridas as provas.

3 – Os vogais são propostos pelos Presidentes e ou Reitores das três instituições que conferem o título, sem prejuízo de os vogais a que se refere a alínea a) do número anterior serem preferencialmente indicados por organismos profissionais, antepondo as associações públicas profissionais, quando existam.

4 – O elenco dos três vogais a que se refere a alínea b) do n.º 2 deve ser composto por um elemento pertencente a cada uma das três instituições que atribuem o título.

5 – Os vogais pertencentes ou indicados pela Universidade da Madeira devem ser propostos pelo conselho técnico-científico da Escola Superior da Universidade da Madeira que ministra formação na área de atribuição do título em causa.

Artigo 14.º

Funcionamento do júri

1 – O júri delibera através de votação nominal fundamentada, não sendo permitidas abstenções.

2 – O júri só pode deliberar quando estiverem presentes e puderem votar pelo menos dois terços dos seus vogais.

3 – Na reunião do júri para deliberar sobre o resultado final só votam os membros que tenham estado presentes em todas as provas.

4 – O presidente do júri pode delegar a sua competência e só vota:

a) Quando seja professor em áreas do conhecimento relevantes para o exercício na área profissional em que são realizadas as provas, caso em que tem voto de qualidade; ou

b) Em caso de empate.

5 – Das reuniões do júri são lavradas atas, devendo ser claramente exposta a fundamentação dos votos emitidos por cada um dos seus membros.

6 – As reuniões do júri anteriores às provas podem ser realizadas por teleconferência e, sempre que entenda necessário, o júri pode solicitar ao candidato a apresentação de outros trabalhos mencionados no currículo.

Artigo 15.º

Apreciação preliminar às provas

1 – A admissão às provas é precedida de uma apreciação preliminar de carácter eliminatório que tem por objeto verificar:

a) Se o candidato satisfaz as condições de admissão às provas;

b) Se o trabalho apresentado se insere na área para que foram requeridas as provas.

2 – A apreciação liminar é realizada pelo júri no prazo de quinze dias úteis após a sua nomeação, sendo objeto de um relatório fundamentado, subscrito por todos os membros, onde se conclui pela admissão ou não admissão do candidato.

3 – No caso de o júri concluir pela não admissão do candidato, há lugar à realização de audiência prévia, nos termos previstos no Código de Procedimento Administrativo.

4 – A deliberação final é comunicada ao candidato no prazo máximo de cinco dias úteis, após a apreciação das alegações oferecidas em sede de audiência prévia.

Artigo 16.º

Realização das provas

1 – As provas têm lugar no prazo máximo de trinta dias úteis após a decisão de admissão.

2 – As provas são realizadas no mesmo dia, com um intervalo de duas horas.

3 – A apreciação e discussão do currículo profissional são feitas por dois membros do júri, em separado, seguida de discussão, e têm a duração máxima de duas horas.

4 – A apresentação do trabalho tem a duração máxima de sessenta minutos, sendo seguida da discussão com igual duração máxima.

5 – Nas discussões referidas nos números anteriores podem intervir todos os membros do júri e o candidato dispõe de tempo igual ao utilizado pelos membros do júri.

Artigo 17.º

Resultado final das provas

1 – Concluídas as provas, o júri reúne para apreciação e deliberação final sobre a atribuição do título, comunicando pessoalmente o resultado ao candidato.

2 – O resultado é expresso através da menção “Aprovado” ou “Recusado”.

Artigo 18.º

Divulgação

A nomeação do júri, o resultado da apreciação preliminar e o resultado das provas públicas são obrigatoriamente divulgados no sítio da internet da Universidade da Madeira.

Artigo 19.º

Línguas estrangeiras

O Reitor pode autorizar a utilização de línguas estrangeiras na redação dos documentos a que se refere o n.º 1 do artigo 10.º, bem como na realização das provas.

Artigo 20.º

Depósito legal

1 – O trabalho a que se refere a alínea b) do artigo 7.º está sujeito a depósito legal:

a) De um exemplar em papel e em formato digital na Biblioteca Nacional;

b) De um exemplar em formato digital no Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

2 – O depósito é da responsabilidade da Universidade.

Artigo 21.º

Emolumentos

Pela candidatura às provas são devidos emolumentos, a fixar pelo Conselho de Gestão da Universidade da Madeira.

Artigo 22.º

Entrada em vigor

O presente regulamento entra em vigor no dia seguinte à sua publicação no Diário da República.

20 de dezembro de 2016. – O Reitor, Professor Doutor José Carmo.»

Logo Diário da República

Aberto Concurso Para Especialista de Informática em Mobilidade – ADSE

«Aviso n.º 92/2017

Recrutamento de 1 Especialista de Informática (m/f), para o exercício de funções em regime de mobilidade interna, para a Direção de Serviços de Informática da Direção-Geral de Proteção Social aos Trabalhadores em Funções Públicas (ADSE).

Torna-se público que, a Direção-Geral de Proteção Social aos Trabalhadores em Funções Públicas (ADSE) pretende recrutar 1 Especialista de Informática (m/f), com relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado previamente estabelecida, para o exercício de funções na Direção de Serviços de Informática em regime de mobilidade interna, nos termos do disposto no artigo n.º 92.º e seguintes da Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, de acordo com os requisitos a seguir discriminados.

I – Requisitos de admissão:

a) Ser titular de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado previamente estabelecida;

b) Ser detentor/a da carreira/categoria de Especialista de Informática.

II – Caracterização do posto de trabalho a ocupar:

O posto de trabalho a preencher corresponde ao exercício das funções da carreira de Especialista de Informática constantes do n.º 2, 3 e 4 do artigo 2.º, da Portaria n.º 358/2002, de 3 de abril, na modalidade de mobilidade interna.

III – Perfil pretendido:

A) Caracterização do Posto de Trabalho:

1 – Desenvolvimento aplicacional em Visual Studio.NET 2010 ou superior (Visual Basic/Visual C#).

2 – Conhecimentos sólidos no desenvolvimento de aplicações e soluções com utilização de SQL Server 2012 ou superior e Analysis Services/Data Warehouse.

3 – Desenvolvimento para Internet, incluindo Javascript, HTML5, na perspetiva Mobile Friendly.

B) Perfil de competências:

Experiência profissional comprovada nas áreas indicadas;

Autonomia, iniciativa, organização e sistematização;

Gosto pelo trabalho em Equipa.

IV – Local de trabalho: Direção-Geral de Proteção Social aos Trabalhadores em Funções Públicas (ADSE), sito na Praça de Alvalade, 1749-001 Lisboa.

V – Prazo e formalização da candidatura: Os interessados/as deverão, no prazo de 15 dias úteis contados da data de publicação do presente aviso na Bolsa de Emprego Público (BEP), formalizar a sua candidatura através de requerimento dirigido ao Diretor de Serviços da Direção de Serviços Administrativos e Financeiros, Divisão Administrativa e Logística (DAL) com a menção expressa da modalidade de relação jurídica que detém, da carreira/categoria, da posição e nível remuneratórios, e o respetivo montante remuneratório, contacto telefónico e email, acompanhado de Curriculum Vitae atualizado, datado e assinado, e fotocópia do documento comprovativo das habilitações literárias.

VI – Apresentação da candidatura: A candidatura deve ser obrigatoriamente identificada com a menção «Recrutamento por Mobilidade Interna» com a indicação expressa do número do aviso publicado no Diário da República ou na BEP e deverá ser enviada por correio com aviso de receção ou entregue pessoalmente na Divisão Administrativa e Logística (DAL/RH), da Direção-Geral de Proteção Social aos Trabalhadores em Funções Públicas (ADSE), Praça de Alvalade, n.º 18, 1748-001 Lisboa.

VII – Remuneração: Nos termos do disposto no n.º 3 do artigo 38.º da Lei n.º 82-B/2014, de 31 de dezembro, que aprovou o Orçamento de Estado para o ano de 2015, a remuneração é efetuada pela posição remuneratória correspondente à situação jurídico-funcional de origem em que o trabalhador se encontra.

VIII – Métodos de Seleção:

A seleção dos candidatos será efetuada com base na análise curricular, podendo ser complementada com uma eventual entrevista profissional de seleção.

A referida análise curricular tem carácter eliminatório, apenas os candidatos pré selecionados serão contactados para a realização da referida entrevista profissional de seleção.

A presente oferta de emprego será publicada na BEP, até ao 2.º dia útil seguinte à presente publicação e estará disponível na página eletrónica da ADSE, em www.adse.pt.

Mais esclarecimentos poderão ser obtidos pelos telefones n.os 210059978/210059979, Direção de Serviços Administrativos e Financeiros, Divisão Administrativa e Logística (DAL).

25 de novembro de 2016. – O Diretor-Geral de Proteção Social aos Trabalhadores em Funções Públicas (ADSE), Carlos Baptista.»

Logo Min Saúde

Médicos: Programas de Formação das Áreas de Especialização de Psiquiatria, Neurorradiologia e Pneumologia

Veja as Relacionadas:

Regime Jurídico da Formação Médica Especializada – Obtenção do Grau de Especialista – Internato Médico – Decreto-Lei n.º 86/2015 de 21/05/2016

Logo Diário da República

Médicos: Aberto Mega Concurso Para Todas as Especialidades nas EPE do SNS

Informação da ACSS a 29/12/2016:

A ACSS determinou, através do Aviso n.º16060-B/2016, de 26 de dezembro, a abertura de 349 vagas para a categoria de assistente nas áreas hospitalar e de saúde pública.

O concurso, que decorre até 2 de janeiro de 2017 inclusive, surge na sequência da divulgação do Despacho n.º15385-B/2016, de 21 de dezembro, retificado pelo Despacho n.º15591-B/2016, de 27 de dezembro, que identifica os serviços e estabelecimentos de saúde com maiores carências de pessoal médico. Das 40 especialidades identificadas, as áreas de medicina interna, pediatria médica e anestesiologia são as que apresentam o maior número de vagas disponíveis.

Mais informações e candidaturas aqui.

Publicado em 29/12/2016


Informação da ACSS a 27/12/2016:

A ACSS determinou, através do Aviso n.º16060-B/2016, de 26 de dezembro, a abertura de 349 vagas para a categoria de assistente nas áreas hospitalar e de saúde pública.

O concurso, que decorre até 2 de janeiro de 2017 inclusive, surge na sequência da divulgação do Despacho n.º15385-B/2015, de 21 de dezembro que identifica os serviços e estabelecimentos de saúde com maiores carências de pessoal médico. Das 40 especialidades identificadas, as áreas de medicina interna, pediatria médica e anestesiologia são as que apresentam o maior número de vagas disponíveis.

Mais informações e candidaturas aqui.

Publicado em 27/12/2016


«Aviso n.º 16060-B/2016

Procedimento concursal conducente ao recrutamento de pessoal médico para a categoria de assistente, das áreas hospitalar e de saúde pública – carreira especial médica e carreira médica dos estabelecimentos de saúde com a natureza jurídica de entidade pública empresarial integrados no Serviço Nacional de Saúde.

Nos termos do disposto no artigo 16.º do Decreto-Lei n.º 177/2009, e no artigo 15.º do Decreto-Lei n.º 176/2009, ambos de 4 de agosto, alterados pelo Decreto-Lei n.º 266-D/2012, de 31 de dezembro, e no Decreto-Lei n.º 24/2016, de 8 de junho, torna-se público que, por Deliberação do Conselho Diretivo deste Instituto, de 22 de dezembro de 2016, proferido em cumprimento do disposto no n.º 2 do artigo 5.º do diploma mencionado em último lugar, se encontra aberto, pelo prazo de 5 dias úteis, procedimento concursal, tendo em vista o preenchimento de 349 postos de trabalho para a categoria de assistente, áreas hospitalar e de saúde pública, da carreira especial médica ou da carreira médica dos estabelecimentos de saúde com natureza jurídica de entidade pública empresarial, integrados no Serviço Nacional de Saúde, consoante o caso.

1 – Requisitos de admissão

Podem candidatar-se ao procedimento concursal aberto pelo presente aviso, os médicos detentores do grau de especialista na correspondente área profissional de especialização que, tendo realizado e concluído o internato médico, não sejam detentores de uma relação jurídica de emprego por tempo indeterminado previamente constituída com qualquer serviço, entidade ou organismo do Estado, incluindo do respetivo setor empresarial e não se encontrem impedido de celebrar contrato de trabalho, nos termos previsto n.º 3 do artigo 22.º-C do Estatuto do Serviço Nacional de Saúde, aprovado em anexo ao Decreto-Lei n.º 11/93, de 15 de janeiro, aditado pela Lei n.º 83-C/2013, de 31 de dezembro.

2 – Prazo de apresentação de candidaturas

O prazo para apresentação de candidaturas é de 5 dias úteis a contar da publicação do presente aviso.

O prazo para apresentação das candidaturas no âmbito do presente procedimento simplificado, nos termos anteriormente expostos, fundamenta-se na urgente contratação, como assistentes, dos médicos que sejam detentores do correspondente grau de especialista e preencham os requisitos subjetivos para se apresentarem a concurso, permitindo, assim, com a maior brevidade possível, colmatar as necessidades mais prioritárias dos serviços e estabelecimentos.

Assim, tratando-se de um procedimento urgente, em cumprimento do artigo 18 º-A, da Portaria n.º 207/2011, de 24 de maio, com as alterações introduzidas pela Portaria n.º 355/2013, de 10 de dezembro, e pela Portaria n.º 229-A/2015, de 3 de agosto, bem como da cláusula 20 ª-A do Acordo coletivo de trabalho celebrado entre o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E., e outros e a Federação Nacional dos Médicos (FNAM) e outro, relativo à tramitação do procedimento concursal de recrutamento para os postos de trabalho da carreira médica, publicado no Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 48, de 29 de dezembro de 2011, alterado e republicado nos termos constantes do Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 43, de 22 de novembro de 2015, não haverá lugar à audiência dos interessados, podendo, desde logo, ser interposto recurso administrativo.

3 – Método de seleção

3.1 – Em cumprimento do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 24/2016, de 8 de junho, o método de seleção é efetuado de acordo com a nota da classificação final do internato médico e, em caso de igualdade, por ordem decrescente, em função da nota obtida na avaliação contínua no âmbito do mesmo internato e da nota da habilitação académica considerada para efeitos de ingresso no internato.

3.2 – Nos termos do n.º 4 do artigo referido no ponto anterior, nas situações em que a nota não esteja expressa em termos quantitativos, deve ser sempre considerada, incluindo em matéria de desempate, a correspondente nota quantitativa mais baixa dos candidatos ao procedimento.

3.3 – Sem prejuízo do disposto nos pontos anteriores, persistindo o empate, a ordenação será efetuada por sorteio público, o qual será realizado nas instalações da Administração Central do Sistema de Saúde I. P., sitas no Parque de Saúde de Lisboa, Edifício 16. Avenida do Brasil, 53, sendo os interessados informados com uma antecedência mínima de 24 horas em relação à realização do sorteio.

4 – Caracterização dos postos de trabalho

Aos postos de trabalho cuja ocupação aqui se pretende corresponde o conteúdo funcional estabelecido nos artigos 7.º -B e 11.º do Decreto-Lei n.º 176/2009, de 4 de agosto e nos artigos 7.º -B e 11.º do Decreto-Lei n.º 177/2009, de 4 de agosto, alterados, ambos, pelo Decreto-Lei n.º 266-D/2012, de 31 de dezembro.

5 – Remuneração

Em cumprimento do n.º 5 do artigo 7.º do Decreto-Lei n.º 24/2016, de 8 de junho, a remuneração base mensal ilíquida a atribuir corresponde ao nível remuneratório da 1.ª posição remuneratória da categoria de assistente da carreira especial médica, da tabela remuneratória dos trabalhadores médicos integrados na carreira especial médica, aprovada pelo Decreto Regulamentar n.º 51-A/2012, de 31 de dezembro, ou, sendo o caso, a nível remuneratório correspondente à primeira posição remuneratória da categoria de assistente, nos termos previstos no anexo II do Acordo coletivo de trabalho celebrado entre o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E., e outros e a Federação Nacional de Médicos e o Sindicato Independente dos Médicos, publicado em Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 41, de 8 de novembro de 2009, com as alterações publicadas em Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 1, de 8 de janeiro de 2013, no Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 43, de 22 de novembro de 2015 e no Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 30, de 15 de agosto de 2016, para um regime de trabalho a que correspondem 40 horas de trabalho normal semanal.

6 – Local de trabalho

As funções serão exercidas nas instalações dos serviços e estabelecimentos de saúde identificados, por especialidade, no Despacho n.º 15385-B/2016, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 243, 2.º Suplemento, de 21 de dezembro, retificado por despacho de Sua Excelência o Secretário de Estado da Saúde, datado de 23 de dezembro, os quais a seguir novamente se indicam.

Assim:

Referência A – Anatomia Patológica

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Referência B – Anestesiologia

Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E. P. E. – 1

Hospital Nossa Senhora da Oliveira – Guimarães, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Nordeste, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Leiria, E. P. E. – 1

Hospital Distrital da Figueira da Foz, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde da Guarda, E. P. E. – 1

Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E. – 3

Centro Hospitalar Barreiro Montijo, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Oeste – 1

Hospital Garcia de Orta, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 5

Referência C – Cardiologia

Centro Hospitalar do Médio Ave, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Médio Tejo, E. P. E. – 1

Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 2

Referência D – Cardiologia Pediátrica

Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E. – 1

Referência E – Cirurgia Cardiotorácica

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E. – 1

Referência F – Cirurgia Geral

Centro Hospitalar do Porto, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Médio Ave, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Nordeste, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Alto Minho, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Cova da Beira, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Médio Tejo, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Oeste – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E. – 1

Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, E. P. E.. – 2

Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, E. P. E.. – 1

Referência G – Cirurgia Maxilo-Facial

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Hospital Garcia de Orta, E. P. E. – 1

Referência H – Cirurgia Pediátrica

Centro Hospitalar do Porto, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 2

Referência I – Cirurgia Plástica e Reconstrutiva

Centro Hospitalar do Porto, E. P. E. – 1

Hospital Distrital de Santarém, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Referência J – Cirurgia Vascular

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Hospital Garcia de Orta, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Referência K – Dermato-Venereologia

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Alto Minho, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Referência L – Endocrinologia

Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Referência M – Gastrenterologia

Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, E. P. E. – 1

Hospital Distrital da Figueira da Foz, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Barreiro Montijo, E. P. E. – 1

Hospital Distrital de Santarém, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Referência N – Genética Médica

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Referência O – Ginecologia/Obstetrícia

Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de São João, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Porto, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Nordeste, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde da Guarda, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Barreiro Montijo, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E. – 1

Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Oeste – 2

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 2

Referência P – Hematologia Clinica

Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga, E. P.E – 1

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto-Douro, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde da Guarda, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Referência Q – Imunoalergologia

Centro Hospitalar Baixo Vouga, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Referência R – Imunohemoterapia

Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga, E. P.E – 1

Unidade Local de Saúde do Alto Minho, E. P. E. – 1

Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Referência S – Infecciologia

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E. – 1

Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Referência T – Medicina Física e de Reabilitação

Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto-Douro, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, E. P. E. – 1

Administração Regional de Saúde do Algarve, IP – 2

Referência U – Medicina Interna

Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga, E. P.E – 1

Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho, E. P.E – 1

Centro Hospitalar do Porto, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Póvoa de Varzim/Vila do Conde, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto-Douro, E. P. E. – 2

Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil, E. P. E. – 1

Hospital da Nossa Senhora da Oliveira – Guimarães, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde Alto Minho, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde de Matosinhos, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Nordeste, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Leiria, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Tondela-Viseu, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Baixo Vouga, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde da Guarda, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar da Cova da Beira, E. P.E – 1

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Barreiro Montijo, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 2

Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Médio Tejo, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Oeste – 1

Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E. – 1

Hospital Distrital de Santarém, E. P. E. – 2

Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E. – 5

Hospital Garcia de Orta, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 2

Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, E. P. E. – 2

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 7

Administração Regional de Saúde do Algarve, IP – 1

Referência V – Medicina Nuclear

Instituto Português de Oncologia de Coimbra Francisco Gentil, E. P. E. – 1

Referência W – Nefrologia

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto-Douro, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Médio Tejo, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Referência X – Neurocirurgia

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Referência Y – Neurologia

Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga, E. P.E – 1

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto-Douro, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Barreiro Montijo, E. P. E. – 1

Hospital Garcia de Orta, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Referência Z – Neurorradiologia

Hospital Nossa Senhora da Oliveira – Guimarães, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de S. João, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Tondela-Viseu, E. P. E. – 1

Referência AA – Oftalmologia

Hospital da Nossa Senhora da Oliveira – Guimarães, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Baixo Vouga, E. P. E. – 1

Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 2

Referência AB – Oncologia Médica

Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga, E. P.E – 2

Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto-Douro, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Instituto Português de Oncologia de Coimbra Francisco Gentil, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Barreiro Montijo, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Lisboa Central, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E. – 1

Hospital Distrital de Santarém, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 2

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Referência AC – Ortopedia

Centro Hospitalar do Médio Ave, E. P. E. – 1

Instituto Português de Oncologia de Porto Francisco Gentil, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Nordeste, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Baixo Vouga, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde da Guarda, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Médio Tejo, E. P. E. – 1

Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 2

Referência AD – Otorrinolaringologia

Hospital Santa Maria Maior, E. P. E. – Barcelos – 1

Instituto Português de Oncologia de Porto Francisco Gentil, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Oeste – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Médio Tejo, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Referência AE – Patologia Clínica

Centro Hospitalar do Porto, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Nordeste, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Hospital Garcia de Orta, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, E. P. E. – 1

Referência AF – Pediatria Médica

Centro Hospitalar do Porto, E. P. E. – 2

Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga, E. P.E – 2

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E. P. E. – 3

Centro Hospitalar de São João, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, E. P. E. – 2

Hospital da Nossa Senhora da Oliveira – Guimarães, E. P. E. – 2

Unidade Local de Saúde Nordeste, E. P. E. – 2

Centro Hospitalar de Leiria, E. P. E. – 1

Hospital Distrital da Figueira da Foz, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Cova da Beira, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Barreiro Montijo, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 2

Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Médio Tejo, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Oeste – 1

Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E. – 1

Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E. – 2

Hospital Distrital de Santarém, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, E. P. E. – 2

Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, E. P. E. – 2

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 6

Referência AG – Psiquiatria da Infância e da Adolescência

Hospital da Nossa Senhora da Oliveira – Guimarães, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Referência AH – Pneumologia

Unidade Local de Saúde do Alto Minho, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde da Guarda, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Referência AI – Psiquiatria

Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho, E. P.E – 1

Unidade Local de Saúde Nordeste, E. P. E. – 2

Centro Hospitalar de Leiria, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde da Guarda, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Cova da Beira, E. P. E. – 1

Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, IP – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E. – 1

Hospital Distrital de Santarém, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, E. P. E. – 1

Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 3

Referência AJ – Radiologia

Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga, E. P.E – 1

Centro Hospitalar do Porto, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Médio Tejo, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Oeste – 1

Centro Hospitalar de Santarém, E. P. E. – 1

Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E. – 1

Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 2

Referência AK – Radioncologia

Instituto Português de Oncologia de Porto Francisco Gentil, E. P. E. – 1

Instituto Português de Oncologia de Coimbra, Francisco Gentil, E. P.E – 1

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E. – 1

Referência AL – Reumatologia

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Cova da Beira, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

Referência AM – Saúde Pública

Administração Regional de Saúde do Norte, IP – 2

Unidade Local de Saúde Nordeste, E. P. E. – 1

Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Vouga – 1

Agrupamento de Centros de Saúde do Arco Ribeirinho – 1

Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria – 1

Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo – 1

Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, E. P. E. – 1

Referência AN – Urologia

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto-Douro, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Tondela-Viseu, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar Barreiro Montijo, E. P. E. – 1

Hospital Espírito Santo de Évora, E. P. E. – 1

Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E. – 1

7 – Prazo de validade

O procedimento de recrutamento simplificado aberto pelo presente aviso é válido para a ocupação dos postos de trabalho acima enunciados, terminando com o recrutamento dos médicos selecionados.

8 – Legislação aplicável

O procedimento de recrutamento aberto pelo presente aviso rege-se pelo disposto nos Decretos -Lei n.os176/2009, e 177/2009, ambos de 4 de agosto, alterados pelo Decreto-Lei n.º 266-D/2012, de 31 de dezembro, e pelo Decreto-Lei n.º 24/2016, de 8 de junho, observando ainda, com as necessárias adaptações, os termos da Portaria n.º 207/2011, de 24 de maio, com as alterações que lhe foram introduzidas pelas Portarias n.os 355/2013, de 10 de dezembro e 229-A/2015, de 3 de agosto, bem como pelo Acordo coletivo de trabalho celebrado entre o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E., e outros e a Federação Nacional dos Médicos (FNAM) e outro, relativo à tramitação do procedimento concursal de recrutamento para os postos de trabalho da carreira médica, publicado no Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 48, de 29 de dezembro de 2011, alterado e republicado nos termos constantes do Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 43, de 23 de novembro de 2015 e pelo Acordo coletivo de trabalho celebrado entre o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E., e outros e a Federação Nacional de Médicos e o Sindicato Independente dos Médicos, publicado em Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 41, de 8 de novembro de 2009, com as alterações publicadas em Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 1, de 8 de janeiro de 2013, no Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 43, de 22 de novembro de 2015 e no Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 30, de 15 de agosto de 2016.

9 – Horário de trabalho

O período normal de trabalho é de 40 horas semanais, nos termos do artigo 15.º-A do Decreto-Lei n.º 176/2009, de 4 de agosto ou, sendo o caso, do artigo 20.º do Decreto-Lei n.º 177/2009, de 4 de agosto, respetivamente aditado e com a alteração que lhe foi conferida pelo Decreto-Lei n.º 266-D/2012, de 31 de dezembro.

10 – Formalização das candidaturas

10.1 – As candidaturas deverão ser efetuadas via internet, através do site da Administração Central do Sistema de Saúde, IP (www.acss.min-saude.pt) – até ao termo do prazo referido no ponto 2. do presente aviso.

10.2 – Os candidatos devem preencher o formulário eletrónico de candidatura online, de acordo com as instruções constantes de manual a disponibilizar na página eletrónica da ACSS, I. P., área do concurso;

10.3 – Com exceção dos candidatos que tenham adquirido o respetivo grau de especialista na correspondente área de formação na 2.ª época de 2016 que, para além do preenchimento do formulário de candidatura, nos termos do ponto anterior, estão dispensados da apresentação de quaisquer documentos, a candidatura deverá ser acompanhada dos seguintes elementos:

a) Documento comprovativo do grau de especialista na correspondente especialidade, com indicação do resultado quantitativo da prova de avaliação final do respetivo internato médico;

b) Documento comprovativo da nota obtida na avaliação contínua no âmbito do internato médico;

c) Documento comprovativo da nota de habilitação académica considerada para efeitos de ingresso no internato.

10.4 – A não apresentação do documento identificado na alínea a) do ponto anterior, ou seu equivalente, exceto quando se trate de candidato que tenha adquirido o respetivo grau de especialista na correspondente área de formação na 2.ª época de 2016, determina a exclusão do procedimento.

10.5 – As falsas declarações prestadas pelos candidatos serão punidas nos termos da lei.

11 – Composição e identificação do júri

O Júri do procedimento de recrutamento aberto ao abrigo do presente aviso tem a seguinte composição:

Referência A – Anatomia Patológica:

Presidente – Dr. Miguel Angel Campo Ribas, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Hospital Vila Franca de Xira;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria Dolores Lopez Presa, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Rita Cidade Moura Theias Manso, Assistente, do mapa de pessoal do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. Agostinho Vicente Afonso Sanches, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Fátima Teixeira Magalhães, Assistente Graduada, do mapa de pessoal da Unidade Local de Saúde de Matosinhos, E. P. E.;

Referência B – Anestesiologia:

Presidente – Dr.ª Maria de Fátima dos Santos Lima, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Alice Martins Almeida Neves Santos, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. Joaquim António do Carmo Lincho Urbano, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Oeste;

1.º Vogal Suplente – Dr. Francisco Alberto Almeida Lobo, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Porto, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria Conceição Lopes Carvalho Furstenau, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.

Referência C – Cardiologia:

Presidente – Dr. Pedro Manuel Ferreira Cardoso, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Manuel de Sousa Almeida, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. Francisco José da Fonseca Madeira, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. Luis Filipe de Moura Duarte, Assistente Graduado, do mapa de pessoal da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejano, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Nuno de Pina Cabral Quintal, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E.;

Referência D – Cardiologia Pediátrica:

Presidente – Dr. Rui Manuel Trindade Paulo dos Anjos, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Isabel Cristina Torres Santos, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Ana Maria Teixeira Silva, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. Eduardo Manuel Alçada Gama Castela, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Ana Luísa Correia Carriço, Assistente, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho, E. P. E.;

Referência E – Cirurgia Cardiotorácica:

Presidente – Dr. José Pedro Marques Santos Neves, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Francisco José Pimenta Félix, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. Rui Alexandre Nobre Rodrigues, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E..

1.º Vogal Suplente – Dr. Benjamim Manuel Silva Pereira Marino, Assistente, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de São João, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Artur Rodolfo Lucero, assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

Referência F – Cirurgia Geral:

Presidente – Dr.ª Maria do Rosário Jacinto Eusébio, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. José Mário Coutinho, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Isabel Maria Rodrigues do Nascimento, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Hospital Garcia de Orta, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. Luís Fernando Freitas Cortez, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Artur José Trovão de Carvalho Lima, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga, E. P. E.;

Referência G – Cirurgia Maxilo-Facial:

Presidente – Dr. Luís Manuel Godinho Gomes Sacoto, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Sérgio Vaz Fernandes Adriano de Sousa, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E..

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Carla Cristina Gonçalves Coelho, Assistente, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E..

1.º Vogal Suplente – Dr. José Francisco Carvalho Eufrásio, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Coimbra, Francisco Gentil, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Asdrúbal Manuel Gonçalves Pinto, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Porto, E. P. E.;

Referência H – Cirurgia Pediátrica:

Presidente – Dr.ª Maria Francelina de Sousa Cruz Lopes, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Jorge Reis Alves Costa Palácios Santos, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E..

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Regina Maria Carvalho Duarte, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Elisabete Rosa Vieira Proença Garcia, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria de Fátima Soares Costa Carvalho, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Porto, E. P. E.;

Referência I – Cirurgia Plástica e Reconstrutiva:

Presidente – Dr.ª Maria Angélica Rato da Silva Roberto, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Francisco Manuel Costa Domingos, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – – Dr.ª Ana Bela Figueiredo Fernandes, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. Álvaro Manuel Catarino Pereira Silva, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de São João, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Gisela Machado Sardinha Negrão Neto, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E.;

Referência J – Cirurgia Vascular:

Presidente – Dr.ª Maria Emília Mendes Galinha Ferreira Fonseca, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Nuno José Farraia Silva Meireles, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. António Joaquim Neves Santos Simões, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Tondela Viseu, E. P. E..

1.º Vogal Suplente – Dr. Armando Amílcar Pires Mansilha Rodrigues Almeida, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de São João, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria do Sameiro Ramos Caetano, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Porto, E. P. E.;

Referência K – Dermato-Venereologia:

Presidente – Dr. Manuel dos Santos Sacramento Marques, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Maria Margarida Martins Gonçalo, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E..

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria Isabel Gomes Martins Ruas Faro Viana, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. Américo Manuel Costa Figueiredo, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Cecília Silva Nunes Moura Dionísio, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, Francisco Gentil, E. P. E.;

Referência L – Endocrinologia:

Presidente – Dr. Fernando José Cravo Rodrigues, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Coimbra, Francisco Gentil, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Valeriano Alberto Pais Horta Leite, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, Francisco Gentil, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. Carlos Augusto Carvalho Mendes de Vasconcelos, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Sílvia Margarida Duarte Teixeira Guerra, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Isabel Maria Gonçalves Mangas Neto da Palma, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Porto, E. P. E.;

Referência M – Gastrenterologia:

Presidente – Dr. Rui António Domingos Frade Palma, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Hospital Garcia de Orta, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Isabel Maria Neto Gomes Bastos, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria Cristina Sousa Dias Dinis da Fonseca, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Hospital Garcia de Orta, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. Pedro Alberto Carvalho Lage, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia do Lisboa, Francisco Gentil, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. João Carlos Baranda Silva Ribeiro, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Médio Tejo, E. P. E.;

Referência N – Genética Médica:

Presidente – Dr.ª Ana Margarida Figueiredo Tavares Fortuna, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Porto, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria Gabriela Oliveira Reis Soares, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Porto, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Ana Berta da Fonseca Vieira Alvares Sousa Ferrand de Almeida, Assistente, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Isabel Maria Simões Mendes Gaspar Rodrigues, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Jorge Manuel Tavares Lopes Andrade Saraiva, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E.;

Referência O – Ginecologia/Obstetrícia:

Presidente – Dr. Fernando Jorge Abreu Cirurgião, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria de Lurdes Nunes Cerqueira da Silva, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria de Lurdes Pais Correia Gonçalves La Feria, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Hospital Dr. José de Almeida;

1.º Vogal Suplente – Dr. Carlos Calhaz Jorge, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Benilde Maria Flores Capela, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E.;

Referência P – Hematologia Clínica:

Presidente – Dr. Fernando Alberto Coelho Lima, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Ana Maria Lopez de Macedo, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Francisca Maria Hortênsio Sombreireiro Pina, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Hospital Espírito Santo, Évora, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria de Jesus Montalto Frade Alves Pereira, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria do Céu Pereira Trindade, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Hospital Garcia de Orta, E. P. E.;

Referência Q – Imunoalergologia:

Presidente – Dr.ª Elza Maria Morgado Tomaz, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria de Fátima Ferreira Lourena Jordão, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria Estrella Alonso y Gregório, Assistente Graduada, do mapa de pessoal Centro Hospitalar do Lisboa Norte, E. P. E.

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Paula Cristina de Carvalho Vidal Reis Leiria Pinto, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Manuel António Ribeiro Corrêa Branco ferreira, Assistente Graduado do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

Referência R – Imunohemoterapia:

Presidente – Dr.ª Marina Ofélia da Silva Costa, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Tondela-Viseu, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Francelina Maria Marques Alves da Silva Peixoto, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Hospital Distrital de Santarém, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Artemisa de Sá Nogueira Pereira, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Oeste, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Joaquina Maria Bacalhau Preguiça Macareno Bilro, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Barreiro Montijo, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Carlos Adrian Aldeia de Jesus, Assistente Graduado, do mapa de pessoal da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, E. P. E.;

Referência S – Infecciologia:

Presidente – Dr.ª Maria João Brás Martins Aleixo, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Hospital Garcia de Orta, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Luis Filipe Vasconcelos Tavares, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Barreiro-Montijo, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria Isabel Beato Viegas Aldir, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria José Martins da Rosa Manata, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria João Maia Costa Duarte de Faria, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E.;

Referência T – Medicina Física e de Reabilitação:

Presidente – Dr. João Carlos Barroso Monteiro, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de São João, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Catarina Aguiar Branco, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Entre Douro e Vouga, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. Pedro Manuel de Lemos Rodrigues Pereira, Assistente Graduado do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria Celeste Santos Gonçalves, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Francisco José da Silva Sampaio, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

Referência U – Medicina Interna:

Presidente – Dr.ª Maria de Fátima Teresa Paiva, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar da Cova da Beira, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. João Luís Magalhães Godinho Pereira de Gouveia, Assistente Graduado, do mapa de pessoal Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Luísa Maria Dias Monteiro, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Fernanda Linhares Martins, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Armando Luís Martins de Paiva, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Médio Ave, E. P. E..

Referência V – Medicina Nuclear:

Presidente – Dr.ª Lucília Maria Marques Garnel Mafra Salgado, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, Francisco Gentil, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Gracinda Maria Lopes Magalhães Costa, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria Teresa Cruz Ferreira, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, Francisco Gentil, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. Joaquim Fernando Araújo Sequeira, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Hospital Garcia de Orta, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Albino Orlando de Moura Soares, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia do Porto, Francisco Gentil, E. P. E.;

Referência W – Nefrologia:

Presidente – Professor Doutor Fernando Eduardo Barbosa Nolasco, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Lisboa Central, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Idalécio Silva Bernardo, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Josefina Maria de Sousa Santos Lascasas, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Porto, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. Artur Jorge Pereira Mendes, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Antonio Jorge Penetra Baldaia, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia do Porto, Francisco Gentil, E. P. E.;

Referência X – Neurocirurgia:

Presidente – Dr. José Manuel de Almeida Dias Caldeira Miguéns, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Lisboa Norte, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Sérgio Manuel Ribeiro Figueiredo, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. António Alberto Marques Batista, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. Josué Augusto Carvalho Pereira, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de São João, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Célia Maria Paiva Pinheiro, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Porto, E. P. E.;

Referência Y – Neurologia:

Presidente – Dr.ª Lívia Maria de Abreu Freire Diogo Sousa, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria Luisa Reis e Sousa de Abreu e Albuquerque, Assistente Graduada Sénior do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. Alberto João Rodrigues Leal, Assistente Graduado do Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa;

1.º Vogal Suplente – Dr. Manuel Alexandre dos Santos Manita, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Carla Maria Reis Pereira Fraga André, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, E. P. E.;

Referência Z – Neurorradiologia:

Presidente – Dr.ª Maria Luísa Conceição Biscoito, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Lisboa Norte, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Luís Pedro Oliveira Melo e Freitas, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria João Guerreiro Quintela, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria Eduarda da Silva Moura Carneiros Barros, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia do Porto, Francisco Gentil, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Cristina Maria Silva Marques Dias Sequeira, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Hospital Garcia de Orta, E. P. E..

Referência AA – Oftalmologia:

Presidente – Dr. Manuel Paulo de Almeida da Silva, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Médio Tejo, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Vasco Manuel Martins Pereira, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar da Figueira da Foz, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. Luis Miguel Manarte da Silva Trigo, Assistente Graduado Sénior do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Carolina Conceição Silva Maia, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de S. João, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Elisete Maria Vieira Brandão, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de S. João, E. P. E.;

Referência AB – Oncologia Médica:

Presidente – Dr. Jorge Manuel Coelho Espírito Santo, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Barreiro/Montijo, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria José Saramago Galvão Passos, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, Francisco Gentil, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria Paula Rodrigues Custódio, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Lisboa Central, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. António Luísa Rita Moreira, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, Francisco Gentil, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Gabriela Maria Cunha Sousa, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Coimbra, Francisco Gentil, E. P. E.;

Referência AC – Ortopedia:

Presidente – Dr. Augusto José de Abreu Fernandes Martins, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Nuno Manuel da Conceição Diogo, Assistente, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. António Tavares Pereira Sousa Seco, Assistente, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. António Fonseca Oliveira, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do porto, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Rui Eduardo Nobre de Sousa, Assistente Graduado Sénior, do Hospital do Espírito Santo de Évora, E. P. E.;

Referência AD – Otorrinolaringologia:

Presidente – Prof. Doutor Pedro Alberto Batista Brissos Sousa Escada, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria Assunção Costa Camisão Goyri O’Neill, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. António José Machado Faria Almeida Praça, Assistente Graduado, do mapa de pessoal Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. Pedro Manuel Peyssonneau Nunes Montalvão Silva, Assistente Graduado, do mapa de pessoal Instituto Português de Oncologia de Lisboa, Francisco Gentil, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria Teresa Aguiar de Queiroz Lopes, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Hospital do Espírito Santo de Évora, E. P. E.;

Referência AE – Patologia Clínica:

Presidente – Dr. João Tiago de Sousa Pinto Guimarães, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de São João, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Jesuína Maria Antunes Duarte, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. João Mesquita Faro Viana, Assistente Graduado Sénior, do Mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Adília Maria Arinto Almeida Vicente, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal Centro Hospitalar do Oeste;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Ana Paula Castanheira Silva Moutinho Vasco, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Hospital Distrital da Figueira da Foz, E. P. E.;

Referência AF – Pediatria Médica:

Presidente – Dr. Alzira Maria Venâncio Ferrão Silveira, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Tondela – Viseu, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Cristina Celeste Fernandes de Faria, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Tondela – Viseu, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Sílvia Maria Soares Almeida, Assistente Graduada do Mapa de Pessoal do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. Artur José Serrão Bonito Vitor, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de São João, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. José Francisco Vicente Maio, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E.;

Referência AG – Psiquiatria da Infância e da Adolescência:

Presidente – Dr. António Mota Coimbra de Matos, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Joana Teresa Wardemn Almeida Góis Afonso, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Naide Maria Gonçalves Ramos Simões Urbano, Assistente, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria Graciete Constante Ferreira Carvalho, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria Luísa Leitão Nazaré Rodrigues Abrantes Veiga, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E.;

Referência AH – Pneumologia:

Presidente – Dr.ª Maria José Silva Simões Nunes, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Barreiro/ Montijo, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Cristina Maria Veiga do Coxo, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Cova da Beira, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Maria Cecília Craveiro Forte Longo, Assistente Graduada, do mapa de pessoal Hospital Prof. Doutor Fernando da Fonseca, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Dolores da Consolação Botas Paulo Moniz, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. João Abel Dantas Almeida Cardoso, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

Referência AI – Psiquiatria:

Presidente – Dr.ª Paula Cristina Jorge Soares Pinheiro, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Hospital Distrital de Santarém, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Pedro Miguel Ferreira Santos Levy, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. Artur Manuel Martins Pinhão, Assistente Graduado, do mapa de pessoal Centro Hospitalar Tondela Viseu, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Ana Cristina Mendes Cruz David, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Leiria, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Ana Maria Félix Ramos Dourado, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra, E. P. E.;

Referência AJ – Radiologia:

Presidente – Dr. Tiago Francisco Ferreira Almada Quadros Saldanha, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Afonso Nuno Vieira Rodrigues Gonçalves, Assistente Graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. Carlos Francisco Monteiro da Silva, Assistente, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Setúbal, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria Inês de Oliveira Tavares Abrantes Leite, Assistente, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria Elisabete Matos Alves, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E.;

Referência AK – Radioncologia:

Presidente – Dr.ª Margarida Maria Martins Abreu Roldão, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, Francisco Gentil, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Marília Maria Liberato Jorge de Lemos, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Lisboa Norte, E. P. E..

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Leila Maria Khouri Barandiarán, Assistente graduada, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Coimbra, Francisco Gentil, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria Isabel Almeida Antão, Assistente graduada, do mapa de pessoal do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, Francisco Gentil, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. José Isídro Silva Catita, Assistente graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Barreiro/Montijo, E. P. E.

Referência AL – Reumatologia:

Presidente – Dr.ª Iva Humberta Oliveira Brito, Assistente Graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar de S. João, E. P. E..

1.º Vogal Efetivo – Dr. Fernando Manuel Diamantino Saraiva, Assistente graduado, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Lisboa Norte, E. P. E.

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Sandra Patrícia Abreu Monteiro Pinto, Assistente, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho, E. P. E.

1.º Vogal Suplente – Dr. José António Martins Canas Silva, Assistente graduado Sénior, do mapa de pessoal do Hospital Garcia de Orta, E. P. E.

2.º Vogal Suplente – Dr.ª Maria João Salvador Daniel Santos Henriques, Assistente graduada, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, E. P. E.

Referência AM – Saúde Pública:

Presidente – Dr. Rui Gentil de Portugal e Vasconcelos Fernandes, Assistente Graduado, do mapa de pessoal da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, I. P.;

1.º Vogal Efetivo – Dr. Joaquim Toro Lopez, Assistente Graduado, do mapa de pessoal da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr.ª Elisa Fernandes Costa Sousa, Assistente Graduada, do mapa de pessoal da Unidade Local de Saúde de Matosinhos, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr.ª Ana Maria Timóteo Félix, Assistente Graduada Sénior, do mapa de pessoal da Administração Regional de Saúde do Centro, I. P.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Mariano José Ayala Ruano, Assistente Graduado, do mapa de pessoal da Administração Regional de Saúde do Algarve, I. P.

Referência AN – Urologia:

Presidente – Dr. Luís Manuel Viegas Campos Pinheiro, Assistente graduado sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar Lisboa Central, E. P. E.;

1.º Vogal Efetivo – Dr.ª Andrea Carina Morais Furtado, Assistente, do mapa de pessoal do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E.;

2.º Vogal Efetivo – Dr. Pedro Alexandre Alvares Bargão dos Santos, Assistente, do mapa de pessoal do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E. P. E.;

1.º Vogal Suplente – Dr. João António Mimoso Paias, Assistente Graduado Sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Algarve, E. P. E.;

2.º Vogal Suplente – Dr. Armando Manuel Bernardo Reis, Assistente graduado sénior, do mapa de pessoal do Centro Hospitalar do Porto, E. P. E.

12 – Afixação da lista de candidatos admitidos e excluídos

A lista unitária de ordenação final, incluindo os candidatos excluídos, é comunicada aos candidatos e publicada na 2.ª série do Diário da República informando da afixação em local visível e público das instalações da Administração Central do Sistema de Saúde, I. P., e disponibilizada, ainda, na sua página eletrónica.

13 – Escolha do estabelecimento de colocação

13. 1 – A escolha do estabelecimento de colocação deverá ser exercida na data que vier a ser comunicada para o efeito, em simultâneo com a notificação da lista de ordenação final referida no ponto anterior, respeitado um período mínimo de três dias seguidos entre aquela comunicação e o exercício do direito de escolha.

13.2 – A escolha mencionada no ponto anterior será exercida presencialmente, nas instalações da Administração Regional de Saúde identificada pelo candidato no campo próprio do formulário de candidatura, nos seguintes endereços, consoante o caso:

a) Administração Regional de Saúde do Norte, I. P., Rua Nova de S. Crispim, n.º 380-384, 4049-002 Porto;

b) Administração Regional de Saúde do Centro, I. P., Alameda Júlio Henriques, 3001-553 Coimbra;

c) Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, I. P., Avenida dos Estados Unidos da América, n.º 75, 1749-096 Lisboa;

d) Administração Regional de Saúde do Alentejo, I. P., Rua Joaquim Henrique da Fonseca, n.º 20, 7000-890 Évora;

e) Administração Regional de Saúde do Algarve, I. P., Estrada Nacional 125, Sítio das Figuras, Lote 1, 2.º andar, 8005-145 Faro.

13.3 – Para os efeitos previsto no ponto anterior, deve o candidato registar no campo próprio do formulário de candidatura, a Administração Regional de Saúde onde pretende efetuar a escolha.

14 – Igualdade de oportunidades no acesso ao emprego

Em cumprimento da alínea h) do artigo 9.º da Constituição, a Administração Pública, enquanto entidade empregadora, promove ativamente uma política de igualdade de oportunidades entre homens e mulheres no acesso ao emprego e na progressão profissional, providenciando escrupulosamente no sentido de evitar toda e qualquer forma de discriminação.

23 de dezembro de 2016. – A Presidente do Conselho Diretivo, Marta Temido.»

Concurso de Especialista de Informática da ULS da Guarda: Lista de Admitidos e Excluídos

Logo ULS

Saiu a Lista de Admitidos e Excluídos relativa ao concurso para Especialista de Informática na Unidade Local de Saúde da Guarda.

Todas as questões deverão ser colocadas à Unidade Local de Saúde da Guarda.

Veja todas as publicações deste concurso em:

Aberto Concurso de Especialista de Informática – ULS da Guarda

Logo ULS

Saiu hoje, 28/11/2016, no jornal Diário de Notícias, edição em papel, um Aviso de Abertura de um concurso para Especialista de Informática na Unidade Local de Saúde da Guarda.

O prazo de candidatura são 3 dias úteis. Termina a 30/11/2016.

Aviso de Abertura

Requerimento

Todas as questões deverão ser colocadas à Unidade Local de Saúde da Guarda.

Veja todas as publicações deste concurso em: