Urgente: Concurso de Terapia Ocupacional no CH São João

De 14 de Novembro a 17 de Novembro.

O Centro Hospitalar de São João, EPE pretende recrutar um Técnico de Diagnóstico e Terapêutica, na Área de Terapia Ocupacional, em regime de contrato individual de trabalho a termo certo, ao abrigo do Código do Trabalho.

Remuneração: 1.020,06€ de remuneração base.
Carga horária: 40 horas semanais.
Disponibilidade: Imediata.

Declarado Surto de Legionella para Interferir com Greve de Enfermeiros

A declaração de surto de Legionella é oportunista.

Este Despacho não é uma requisição civil, mas uma interferência no Direito à Greve por quem não tem legitimidade constitucional para o fazer.

O Secretário de Estado não tem poderes para este ato, nem o pode fazer por mero despacho. Está a limitar Direitos constitucionalmente previstos.

O Direitos podem ser limitados, de facto, mas por quem tem poderes para tal e em situação de verdadeira calamidade.

Os Serviços Mínimos da Greve asseguram todos os cuidados imprescindíveis.

Despacho n.º 13836-A/2014 – Diário da República n.º 220/2014, 1º Suplemento, Série II de 2014-11-13
Ministério da Saúde – Gabinete do Secretário de Estado da Saúde
Declara o surto associado à bactéria da legionella uma situação de grave emergência de saúde e identifica os estabelecimentos hospitalares nos quais se impõe a adoção de medidas de exceção

Veja todas as relacionadas em:

Tag Legionella

Urgente: Concurso para Terapia Ocupacional com 2 dias para Concorrer – CH Tondela Viseu

Saiu hoje (13/11/2014) no Jornal de Notícias, edição em papel, o aviso de abertura que se transcreve na sua essência:

«Torna-se público que o Centro Hospitalar Tondela – Viseu EPE, com sede em Viseu, pretende constituir reserva de recrutamento para celebração de contrato individual de trabalho a termo certo e/ou por tempo indeterminado de profissionais habilitados para o exercício de funções de Técnico de Diagnóstico e Terapêutica – Profissão de Terapia Ocupacional.

São requisitos obrigatórios:

1 – Posse de título profissional de Técnico de Terapia Ocupacional

2 – Experiência profissional de funções na atividade para que se candidata

São requisitos preferenciais:

1 – Estágio em serviços de Medicina Física e Reabilitação

O prazo de candidatura é fixado em 2 (dois) dias úteis, incluindo o da publicação do presente aviso.

Eventuais manifestações de interesse deverão ser efetuadas, por escrito, e dentro do prazo atrás referido, dirigidas ao Sr. Presidente do Conselho de Administração, para a seguinte morada, Av.ª Rei D. Duarte, 3504-509 Viseu, ou entregues pessoalmente no Serviço de Recursos Humanos da sede do Centro Hospitalar Tondela – Viseu EPE (não são aceites candidaturas entregues por email).

Deverão ser acompanhadas por «curriculum vitae» sumário, cópia do bilhete de identidade/cartão do cidadão, número de identificação fiscal e título profissional de Técnico de Terapia Ocupacional.

A seleção será efetuada através de ponderação do currículo profissional e entrevista profissional, sendo contactadas exclusivamente as pessoas que cumpram os requisitos obrigatório enunciados.»

Urgente: 3 dias úteis para Concurso para 1 Técnico de Diagnóstico e Terapêutica (Radiologia) – CH Algarve

Saiu hoje no Jornal Público, edição em papel, um anúncio referente a “Processo de Recrutamento de 1 Técnico de Diagnóstico e Terapêutica, área de Radiologia”

Os interessados deverão adquirir o Jornal para confirmarem a informação.

Todas as dúvidas devem ser tiradas junto do CH Algarve.

Transcrevemos o anúncio na sua essência:

«Modalidade: Contrato de trabalho por tempo indeterminado, ao abrigo do Código do Trabalho.

Local: Serviço de Imagiologia do Centro Hospitalar do Algarve, EPE.

Carga Horária: 40 horas semanais

Remuneração-base proposta: 1.020,06€

Data de Celebração do Contrato: Após homologação da lista de classificação final

Requisitos especiais de admissão: Não ter qualquer relação jurídica de emprego.

As candidaturas devem ser formalizadas mediante requerimento dirigido ao Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Algarve, EPE, acompanhado de um exemplar do Curriculum Vitae (modelo Europass) atualizado, do formulário geral de candidatura disponível na página da internet, cópia do Cartão do Cidadão / Bilhete de Identidade, Cartão de Contribuinte, Certificado do Curso e Cédula Profissional, sob pena de exclusão.

Toda a documentação deverá ser entregue no Serviço de Expediente Geral, no período das 8.30 às 14.30, no prazo de 3 dias úteis a contar da data da publicação do presente aviso, ou ainda remetidas pelo correio para o Centro Hospitalar do Algarve, EPE – Rua Leão Penedo, 8000-386 Faro.»

Veja o post e comentários no Facebook.

Urgente: Aberto Concurso de Recrutamento de Enfermeiros no CH Entre Douro e Vouga

Acaba de chegar ao nosso conhecimento que está aberto um procedimento concursal para constituição de bolsa de reserva de recrutamento de Enfermeiros, no Centro Hospitalar Entre Douro e Vouga, válida para os próximos 2 (Dois) anos.

Contrato Individual de Trabalho

Prazo: até às 17 horas do dia 12 de Novembro de 2014

Vencimento: “Legalmente estabelecido”

Veja o Aviso de Abertura deste Concurso

Veja o post relacionado com os comentários no Facebook.

Última Hora: Saiu a Lista de Aprovados e Não Aprovados do Concurso de Enfermeiros do CH Setúbal

Acaba de sair a Lista de Candidatos Aprovados e Não aprovados do Concurso para recrutamento de 10 Enfermeiros para o Centro Hospitalar de Setúbal.

Veja aqui a Lista de Candidatos Aprovados e Não Aprovados.

Prefira sempre A Enfermagem e as Leis. Não vá em cópias.

Tribunal Constitucional Permite Aumentos da ADSE: Veja o Acórdão e Imprensa

Acórdão nº 745/2014

Subsistemas de proteção social
Na sua sessão plenária de 5 de novembro de 2014, o Tribunal Constitucional apreciou um pedido de fiscalização abstrata sucessiva formulado, por um Grupo de Deputados à Assembleia da República eleitos pelo Partido Comunista Português, pelo Bloco de Esquerda e pelo Partido Ecologista Os Verdes, tendo decidido:
a) Não declarar a inconstitucionalidade das normas do n.° 1 do artigo 46.° e do n.° do artigo 47.° do Decreto-Lei n.° 118/83, de 25 de fevereiro, na redação dada pelo artigo 2.° da Lei n,° 30/2014, de 19 de maio;
b) Não declarar a inconstitucionalidade das normas dos n.°s 1 e 2 do artigo 24.° do Decreto-Lei n.° 158/2005, de 20 de setembro, na redação dada pelo artigo 3.° da Lei n.° 30/2014, de 19 de maio;
c) Não declarar a inconstitucionalidade das normas dos n.°s 1 e 2 do artigo 13.° do Decreto-Lei n.° 167/2005, de 23 de setembro, na redação dada pelo artigo 4.° da Lei n.° 30/2014, de 19 de maio.

Imprensa:

Expresso

Jornal de Negócios