Arquivo de etiquetas: ULS Matosinhos

Logo Diário da República

Aposentação em Março de 2017 – ULS Matosinhos

«Aviso (extrato) n.º 2550/2017

Em cumprimento do disposto na alínea d) do n.º 1 do artigo 4.º da Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, alterada pela Lei n.º 84/2015, de 7 de agosto, torna-se público o nome do trabalhador que cessa a relação jurídica de emprego público, por motivo de aposentação, no dia 1 de março de 2017.

(ver documento original)

(Isento de fiscalização prévia do Tribunal de Contas).

6 de fevereiro de 2017. – O Diretor do Departamento de Recursos Humanos, Manuel Alexandre Costa.»

Matosinhos é Cidade Amiga das Pessoas Idosas – ULS Matosinhos / ESS IP Porto / OMS

ULSM, Câmara Municipal e Escola Superior de Saúde assinam protocolo

A Unidade Local de Saúde de Matosinhos (ULSM), celebrou no dia 28 de novembro, um protocolo de colaboração com a Câmara Municipal de Matosinhos e a Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico do Porto, com o objetivo de formalizar a candidatura de Matosinhos a Cidade Amigas das Pessoas Idosas, na perspetiva da adesão à rede mundial criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

O protocolo que formaliza esta iniciativa conjunta com vista à adesão do município à Rede Mundial de Cidade Amiga das Pessoas Idosas foi assinado no âmbito do I Encontro sobre Envelhecimento Ativo – desafios na Saúde e na Comunidade.

Trata-se de um encontro científico de âmbito multidisciplinar, organizado pela ULSM em parceria com a Escola Superior da Saúde e com a Câmara Municipal de Matosinhos, que conta com a participação de especialistas, profissionais de saúde e investigadores de diferentes áreas, mas que se pretende aberto à comunidade em geral.

O programa abarcou quatro grandes temas:

  • Literacia em Saúde
  • Ambiente Amigo das Pessoas Idosas
  • Tecnologias de Informação e Comunicação nos Cuidados de Proximidade
  • Matosinhos: Cidade Amiga das Pessoas Idosas

Matosinhos na Rede Mundial da OMS

Uma cidade amiga das pessoas idosas estimula o envelhecimento ativo através da criação de condições de saúde, participação e segurança, de modo a reforçar a qualidade de vida à medida que as pessoas envelhecem. Em termos práticos, uma cidade amiga das pessoas idosas adapta as suas estruturas e serviços de modo a que estes incluam e sejam acessíveis a pessoas mais velhas, com diferentes necessidades e capacidades. É a partir destes princípios orientadores que a OMS criou um guia, identificando características do ambiente urbano propícias a um envelhecimento ativo e com saúde.

Este conceito de cidade amiga das pessoas idosas, depois interligada em rede mundial, vem perspectivar a problemática do envelhecimento de uma forma inovadora, invertendo o modo como os idosos são visto pela sociedade e pelos respectivos governos. Em vez de sinónimo de despesas com pensões e reformas e custos em cuidados médicos, a OMS vem dizer que os idosos são um recurso vital, mas que esse contributo só será possível se as pessoas idosas se mantiverem saudáveis e se os obstáculos que as impedem de participar na vida em sociedade, em comunidade, forem superados.

Este foi o ponto de partido da OMS quando, em 2006, lançou um trabalho de investigação em 33 cidades do mundo, na tentativa de identificar as características de um ambiente urbano facilitador de um envelhecimento ativo e com saúde: acesso aos transportes públicos, aos espaços ao ar livre e edifícios, bem como a habitação adaptada, integrada numa comunidade, e de serviços sociais, especialmente médicos.

Assim, a Rede Mundial de Cidades Amigas das Pessoas Idosas, à qual Matosinhos agora se candidata, visa responder ao rápido envelhecimento das populações e criar ambientes urbanos que permitam uma maior participação cívica na sociedade, consciente da importância da população sénior para o desenvolvimento humano sustentável.

Para saber mais, consulte:

ULS Matosinhos  –  http://www.ulsm.min-saude.pt/

Manual Gratuito: “Aprenda a viver com a DPOC” – ULS Matosinhos – Dia Mundial da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica

Dia Mundial da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica - 16 de novembro
O Programa Nacional para as Doenças Respiratórias da Direção-Geral da Saúde assinala hoje o Dia Mundial da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC), divulgando a publicação “Aprenda a viver com a DPOC”, elaborado por profissionais colaboradores do PNDR e do Hospital Pedro Hispano/ULS Matosinhos.

Rastreios no Dia do Euromelanoma a 11 de Maio – ULS Matosinhos / CH Leiria

Dia do Euromelanoma na ULSM
Unidade Local de Saúde Matosinhos adere à data com a realização um rastreio de cancro cutâneo, dia 11 de maio.

No âmbito das comemorações do Dia do Euromelanoma , assinalado a 11 de maio, a Unidade Local de Saúde Matosinhos (ULSM), através do Serviço de Dermatologia e Venereologia do Hospital Pedro Hispano (HPH) realiza no dia 11 de maio, um rastreio de cancro cutâneo, aderindo, através desta iniciativa, ao Dia do Euromelanoma.

O Dia do Euromelanoma é uma iniciativa europeia criada com o objetivo de promover e partilhar informação sobre a prevenção, o diagnóstico precoce e o tratamento do cancro cutâneo. Além dos rastreios gratuitos que são disponibilizados à população pelos serviços de dermatologia dos vários hospitais aderentes, esta iniciativa envolve também a comunidade científica e os organismos de saúde.

O rastreio consiste no exame completo da pele, na informação sobre cuidados com a exposição solar – o fator de risco mais importante para o desenvolvimento de cancro cutâneo – e ainda informação sobre as alterações a valorizar nos “sinais”.

“O cancro da pele é visível e, se detetado precocemente, pode ser tratado com sucesso. O cancro da pele pode afetar qualquer pessoa, em qualquer idade, mas é mais comum em pessoas com mais de 50 anos, ou pessoas que tiveram longa exposição ao sol”, explica a dermatologista Marta Pereira, diretora do Serviço de Dermatologia do HPH, sublinhando que esta é mais uma oportunidade para lembrar a importância da prevenção e de atenção aos sinais de alerta.

Assim, uma das mensagens a reter alerta para a necessidade da vigilância regular, fazendo o autoexame uma vez por mês. “Se identificar algum sinal suspeito, deverá consultar o médico de família ou o dermatologista”, alerta, explicando que como regra geral deve usar-se a sigla ABCD na observação dos “sinais”- Assimétricos, de Bordo irregular, Cor heterogénea ou Diâmetro superior a cinco milímetros obrigam a uma observação clínica.

A proteção solar é também fundamental na prevenção do cancro cutâneo. Assim, é importante que a população seja alertada para os horários de risco da exposição solar (entre as 11h e as 16 horas), bem como para as vantagens do uso de proteção física – roupa adequada, chapéus e óculos de sol, bem como dos cremes com filtros solares.

Para saber mais consulte:

Unidade Local de Saúde Matosinhos – http://www.ulsm.min-saude.pt/



CHL assinala Dia do Euromelanoma
Imagem ilustrativa (fonte: site do CHL)
Centro Hospitalar de Leiria realiza rastreio dermatológico para despiste do cancro cutâneo, dia 11 de maio.
O Serviço de Dermatologia do Centro Hospitalar de Leiria (CHL) irá realizar a 11 de maio, Dia do Euromelanoma 2016, rastreios ao cancro cutâneo.
O rastreio é gratuito e aberto à população, sendo especialmente indicado a pessoas com indícios da doença ou com historial familiar de melanoma, e decorre na Consulta Externa, entre as 14 e as 17 horas.
Este rastreio visa sensibilizar a população para o cancro cutâneo e para o melanoma (o tipo de cancro da pele mais perigoso), para a necessidade da deteção precoce desta doença como fator de sucesso do tratamento, e também alertar para a necessidade de prevenção, e da adoção de cuidados de proteção da pele das agressões solares.
Os interessados em fazer o rastreio devem inscrever-se junto do secretariado da consulta externa do CHL através do telefone 244 817 022.
Para saber mais, consulte:

Centro Hospitalar de Leiria – http://www.chleiria.pt/

Materiais Úteis: Dia Mundial da Higiene das Mãos a 5 de Maio – ULS Matosinhos / CH Leiria / CHLN / ARS Algarve

Higiene das mãos na ULS Matosinhos
 Higiene das mãos na ULS Matosinhos
Matosinhos associa-se à OMS na promoção da campanha de prevenção da infeção do local cirúrgico, na semana de 2 a 6 maio.

A Unidade Local de Saúde (ULS) de Matosinhos, através da Comissão de Controlo de Infeção e Resistência aos Antimicrobianos (CCIRA), assinala a Semana do Controlo da Infeção e Higiene das Mãos, que decorre de 2 a 6 de maio, com mensagens-chave diárias dirigidas aos profissionais, alertando para os cuidados a ter numa cirurgia segura.

A iniciativa, que decorre no âmbito das comemorações da Campanha Nacional das Precauções Básicas e Controlo de Infeção, visa alertar os profissionais para a importância da higiene das mãos e das boas práticas na prevenção das infeções associadas aos cuidados de saúde, com especial enfoque, este ano, para a “Prevenção da Infeção do Local Cirúrgico”, fundamental à segurança do doente.

Indo também ao encontro da mensagem-chave da Organização Mundial da Saúde (OMS), para o dia 5 de maio, data em que se assinala o Dia Mundial da Higiene das Mãos, comemorado em 2016 sob o lema “Cirurgia Segura Salva Vidas: prioridade à melhoria das práticas de higiene das mãos em todos os serviços cirúrgicos”, a CCIRA vai dinamizar um conjunto de ações, que inclui a distribuição de folhetos e posters pelas várias unidades da ULS Matosinhos, com o objetivo de sensibilizar os profissionais de saúde para esta temática.

Está também agendada, para o dia 5 de maio, uma ação de sensibilização, a decorrer no auditório da Unidade Local de Saúde, para lembrar que “Medidas simples Previnem a Infeção do Local Cirúrgico”.

Já implementada no Hospital Pedro Hispano desde 2009, a campanha “Medidas Simples Salvam Vidas” estendeu-se, em 2013, ao Agrupamento de Centros de Saúde Matosinhos, envolvendo assim toda a ULS Matosinhos nesta estratégia nacional para a melhoria da higiene das mãos que, por sua vez, se integra numa iniciativa mais ampla e global da OMS.

A segurança do doente é o primeiro objetivo deste desafio Clean Care is Safer Care(cuidados de saúde limpos são cuidados mais seguros) – que visa prevenir as infeções associadas aos cuidados de saúde.

Para saber mais, consulte:

ULS Matosinhos  –  http://www.ulsm.min-saude.pt/


Lave as mãos, proteja os doentes!
Vista do site do CHL
Centro Hospitalar de Leiria associa-se ao Dia Mundial da Higiene das Mãos com ação de sensibilização para a correta higiene das mãos.

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) associou-se à campanha mundial sobre a higiene das mãos, para promover boas práticas de controlo de infeção, dinamizando uma ação de sensibilização para a correta higiene das mãos, que decorre, dia 4 de maio, no Hospital de Santo André (HSA).

Esta atividade é dinamizada pelo grupo de coordenação local do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos (GCL-PPCIRA), e será especialmente dirigida para as pessoas que visitam os doentes internados, promovendo a higiene e a prevenção de infeções com o mote “Lave as mãos, proteja os doentes!”.

A atividade tem início pelas 14 e as 16 horas, no dia 4, no Hospital de Santo André, onde entram os visitantes. Além dos profissionais do CHL, haverá um mimo a interagir com os utentes, chamando a sua atenção para as mãos e para o cuidado da sua higiene como forma de proteger o ambiente hospitalar e as pessoas internadas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), através do desafio: “Save Lives: Clean Your Hands”, promove anualmente um conjunto de atividades relacionadas com a importância da higiene das mãos e de outras boas práticas de controlo de infeção.

Para saber mais, consulte:

Dia Mundial da Higiene das Mãos no CHLN
Logótipo do Centro Hospitalar de Lisboa Norte
CHLN associa-se à data com iniciativas dedicadas ao controlo de infeção e especificamente à higiene das mãos.
Comemora-se, no dia 5 de maio, o Dia Mundial da Higiene das Mãos. Neste sentido, o Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN), através do seu Grupo Coordenação Local do Programa de Controle de Infeção e Resistência aos Antimicrobianos (GCL-PPCIRA), organiza um conjunto de atividades, vocacionadas para os colaboradores do CHLN e para o público em geral, dedicadas ao controlo de infeção e especificamente à higiene das mãos.
A Organização Mundial de Saúde (OMS), através do desafio: “Save Lives: Clean Your Hands global campaign” promove atividades alusivas à higiene das mãos e outras boas práticas de controlo de infeção.
Assim, à semelhança do ano passado, o CHLN organiza um concurso alusivo à temática de Controlo de Infeção, “ Não trate amanhã… o que pode prevenir hoje”, cujo objetivo é premiar os 3 melhores serviços dentre os Serviços concorrentes, que organizem nesse dia atividades no respetivo serviço, com originalidade e impacto para os profissionais e/ou utentes (o tema deve abordar temáticas de controlo de infeção mas não é obrigatório que seja exclusivo da higiene das mãos).
No âmbito da sensibilização de todos os profissionais e utentes, para as melhores práticas referentes ao controlo da infeção, irão decorrer ao longo do dia não só, diferentes atividades nos Serviços, impulsionadas pelos elementos dinamizadores, mas também irão ser afixados em todo o CHLN posters, cartazes e autocolantes produzidos especificamente para este dia. Existirá também um túnel de luz fria – Túnel da Verdade – que possibilitará validar a técnica de higienização das mãos.
No encerramento do programa, decorrerá a cerimónia de entrega dos prémios do concurso “ Não trate amanhã… o que pode prevenir hoje”, e dos Certificados aos serviços que no âmbito da Campanha Nacional de Higiene das Mãos, da Direção-Geral de Saúde, atingiram, em 2014, o nível de Muito Bom. Esta cerimónia contará com a presença dos elementos do Conselho de Administração do CHLN.
Para saber mais, consulte:

Centro Hospitalar de Lisboa Norte, EPE – http://www.chln.min-saude.pt/



Dia Mundial da Higiene das Mãos no Algarve
Logótipo da ARS Algarve
ARS Algarve combate resistência aos antimicrobianos no Dia Mundial da Higiene das Mãos.

Os profissionais de saúde da Região do Algarve estão a promover, entre os dias 2 e 8 de maio, atividades de sensibilização sobre as práticas de higiene das mãos nos serviços cirúrgicos, dirigidas à comunidade em geral, crianças, adultos e aos profissionais de saúde.

Sob o lema “Cirurgia Segura salva vidas: prioridade à melhoria das práticas de higiene das mãos em todos os serviços cirúrgicos”, a Organização Mundial da Saúde celebra o Dia Mundial da Higiene das Mãos, a 5 de maio. Pretende-se desta forma reforçar a importância da Higiene das mãos nos serviços de cirurgia para reduzir as Infeções do Local Cirúrgico nos doentes e diminuir os custos no sistema de saúde.

O Grupo de Coordenação Regional do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos (GCR-PPCIRA) do Departamento de Saúde Pública e Planeamento da Administração Regional de Saúde (ARS) Algarve apoia a implementação da campanha das Precauções Básicas em Controlo de Infeção (PBCI) nas diversas Instituições dos vários níveis de cuidados de saúde.

No presente ano, em estreita articulação com a Direção-Geral da Saúde (DGS) e com os Grupos de Coordenação Local (GCL) do PPCIRA do CHA Algarve e a Associação dos Enfermeiros de Sala de Operações Portugueses, o GCR-PPCIRA traduziu e adaptou vários cartazes que foram disponibilizados pela OMS. Produziu também um folheto de bolso (tríptico) para os profissionais de saúde que contém os feixes de intervenção para prevenção das principais infeções e nomeia os 10 items das PBCI.

Os GCL PPCIRA aos três níveis de cuidados de saúde no Algarve realizam várias atividades como exposições, ações de sensibilização sobre a importância da higiene das mãos na prevenção das infeções associadas aos cuidados de saúde.
Assim, entre os dias 2 e 5 de maio realiza-se, no hall da Unidade de Faro do Centro Hospitalar do Algarve, uma ação de sensibilização onde os visitantes são convidados a higienizarem as suas mãos, visualizando de seguida, com recurso de equipamento específico, a qualidade da técnica que executaram. A prática é acompanhada de ensinos e informação que pretende fomentar comportamentos seguros em ambiente hospitalar e na própria comunidade.

Paralelamente estará também patente uma exposição sobre o tema da “Higiene das Mãos”, com trabalhos de crianças que estiveram internadas no Serviço de Pediatria. As ações dirigidas aos mais novos prosseguem no decurso desta semana com atividades lúdico-pedagógicas dedicadas à temática, abrangendo as crianças que passem pela consulta externa, internamento e hospital de dia de Pediatria.

Para os dias 4 e 6 de maio, estão programadas duas sessões formativas dirigidas aos educadores e auxiliares do Centro Infantil do Hospital de Faro.
Na unidade de Portimão as comemorações iniciam-se a 2 de maio com uma exposição de cartazes alusivos à campanha e apresentação dos resultados globais da taxa de adesão à higiene das mãos das unidades de Portimão e Lagos.

No dia 3, os profissionais de saúde do GCL-PPCIRA deslocam-se ao Agrupamento de Escolas Júdice Fialho, em Portimão, para sensibilizar as crianças do pré-escolar e 1º ciclo sobre a importância da lavagem das mãos, numa ação que pretende promover os bons hábitos através de uma experiência interativa.
No dia 4, pelas 12:00 horas, está programada uma apresentação no auditório da unidade de Portimão sobre os resultados do Estudo Regional de prevalência de profilaxia antibiótica cirúrgica realizado em 2015, dos resultados da Campanha da Higiene das Mãos de 2015 e dos resultados dos programas de vigilância epidemiológica realizados nas unidades de Portimão e Lagos em 2015.

Já no dia 5 de maio, a unidade de Portimão realiza uma largada de balões com mensagens alusivas ao dia, contando com a colaboração das crianças de uma escola convidada, aproveitando-se mais uma vez este momento para disseminar junto dos mais novos informação sobre a importância da higiene das mãos.

No dia 6 de maio, profissionais de saúde da unidade de Portimão vão realizar uma ação de sensibilização no Centro Comercial Continente de Portimão com recurso a equipamento com luz ultravioleta para verificar a eficácia da higiene das mãos e prestar informação à população.

Na área dos Cuidados Continuados Integrados também serão desenvolvidas atividades, das quais se destacam: no dia 4 de maio, os utentes da Unidade de Média Duração e Reabilitação de Olhão terão a oportunidade de participar em atividades lúdicas de pintura alusivas ao tema da higienização das mãos.

Na UCCI de Convalescença de Loulé, familiares dos utentes terão a oportunidade de esclarecer dúvidas junto dos profissionais de saúde e receber informação a incentivar a higiene das mãos. Por seu lado, em Portimão, na UCCI Al-Vita, todos os Enfermeiros e Assistentes Operacionais irão ter um cartão alusivo à data, realizando-se uma sessão de ensinos aos utentes, familiares e colaboradores da correta forma de higienizar as mãos, com recurso a «máquina de luz ultravioleta».
Funcionários, utentes e familiares na Unidade de Longa Duração e Manutenção de Albufeira receberão Pins alusivos ao dia e cartões de bolso com as técnicas de lavagem e de fricção, elaborados pelos utentes da unidade. Serão ainda disponibilizados à população em geral panfletos sobre a importância da higiene das mãos e das precauções básicas, sendo que esta distribuição será efetuada pelos funcionários e utentes no exterior da unidade.

Na Unidade de Cuidados Continuados de Longa Duração e Manutenção de Faro, utentes e profissionais dedicarão o Dia Mundial à confeção de bolachas com o formato de uma mão, que serão posteriormente colocadas em pequenos sacos alusivos à celebração do Dia Mundial da Higiene das Mãos e entregues aos doentes e seus familiares. Pretende-se desta maneira, através do envolvimento coletivo (doentes, familiares e profissionais de saúde) sensibilizar para a importância das PBCI, nomeadamente a higiene das mãos de uma forma lúdica e diferente.

No Centro de Medicina e Reabilitação do Sul em São Brás de Alportel, está programada para o dia 5 de maio uma ação de sensibilização sobre as Precauções Básicas do Controlo da Infeção, dirigida a profissionais de saúde e utentes, será acompanhada por uma música especialmente composta pela equipa do centro, alusiva à higiene das mãos.

No âmbito dos Cuidados de Saúde Primários, o elo de ligação ao GCL-PPCIRA utentes e profissionais na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Aljezur, receberão no dia 5 de maio informação numa exposição de material didático sobre a campanha.

Também no centro de saúde de Lagoa e extensão de Estômbar foi elaborado um folheto dirigido aos utentes e familiares e será feita uma ação de sensibilização para a importância da higiene das mãos no dia 5 de maio.

Para saber mais, consulte:

Administração Regional de Saúde do Algarve – http://www.arsalgarve.min-saude.pt

Informação da Enfermeira Helena Noriega do Grupo de Coordenação Regional do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos (GCR-PPCIRA) do Departamento de Saúde Pública e Planeamento da ARS Algarve:

«Para conhecimento,

Noticia e disponibilização de material na página oficial da ARS Algarve:

http://www.arsalgarve.min-saude.pt/portal/?q=node/4805

Lembramos que a DGS/ Direção do PPCIRA está a disponibilizar material na sua página oficial para apoio ao desenvolvimento de atividades na semana da Campanha das Precauções Básicas e dia Mundial da Higiene das Mãos.

Segue link para o vídeo promocional da OMS para dia 5 de maio de 2016

https://www.youtube.com/watch?v=H1COk9QA3JY&feature=youtu.be

Tirem fotografias segurando um dos cartazes em anexo e partilhem com a OMS.

Vamos inundar a OMS com fotografias do compromisso dos profissionais portugueses.

A conta Instagram para onde devem postar as fotos é : #safesurgicalhands

Se quizerem tb podem enviar para o hastag #profdidierpittet

Cumprimentos,

Elena Noriega

Maria Elena Noriega – Enfermeira

Faro 

Administração Regional de Saúde do Algarve

Departamento de Saúde Pública e Planeamento 

Grupo de Coordenação Regional do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos (GCR-PPCIRA) / Segurança do Doente/ 289 889 510

Lagoa

Centro de Saúde de Lagoa /282 340 374

enoriega@arsalgarve.min-saude.pt

enoriega6@gmail.com

Infection Control Nurse

Regional Health Administration of the Algarve

Department of Public Health and Planning – Patient Safety / 289 889 510

Health Center Lagoa / 282 340 374 »

Materiais:

 Os meus 5 momentos para a higiene das mãos: Cuidado ao doente com Cateter Venoso Central

Os meus 5 momentos para a higiene das mãos: Cuidado ao doente com Cateter Venoso Periférico

Os meus 5 momentos para a higiene das mãos: Cuidado ao doente com Ferida Cirúrgica

Cartaz Veja as suas mãos

Preparação pré-cirúrgica das mãos

Os meus 5 momentos para a higiene das mãos: Cuidado ao doente com Cateter Urinário

Tríptico Feixes de intervenções – Prevenção da Infeção Associada a Procedimentos/ Dispositivos Invasivos e Precauções Básicas em Controlo de Infeção (PBCI)

Cartaz promocional para partilha de fotos com a OMS 

Mais sobre a campanha da OMS


Veja as nossas publicações relacionadas:

Gratuito: Evento Higiene das Mãos e Precauções Básicas de Controlo de Infeção a 5 de Maio em Lisboa – DGS

Dia 5 de maio de 2015: Dia Mundial da Higiene das Mãos e o Dia Internacional do Controlo de Infeção

Criado Grupo de Trabalho no âmbito do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos – DGS / INSA / ACSS

Logo Diário da República

Nomeação do Diretor Clínico da Unidade Local de Saúde de Matosinhos

Inclui nota curricular.