Arquivo de etiquetas: Lisboa

Conferência “Portugal Saudável – Alimentação e Estilos de Vida” a 28 de Março em Lisboa

Conferência “Portugal Saudável – Alimentação e Estilos de Vida”

A Missão Continente realiza, no dia 28 de março, pelas 08H30, na Fundação Champalimaud, a Conferência “Portugal Saudável – Alimentação e Estilos de Vida”.

Através da promoção de debates com oradores oriundos de vários quadrantes da sociedade, esta conferência irá discutir a importância de uma alimentação e estilos de vida saudáveis.

A conferência contará com a presença do Ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes.

Gratuito: Portugal eHealth Summit – transformação digital da Saúde – de 4 a 6 de Abril em Lisboa

SPMS organiza evento sobre transformação digital da Saúde

A SPMS – Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, EPE vai realizar o evento “Portugal eHealth Summit” na Sala Tejo, do complexo Meo Arena, entre 4 e 6 de Abril, em Lisboa.

De dimensão internacional, o evento centra-se no processo de transformação digital da Saúde, envolvendo a indústria farmacêutica, a Agência Europeia do Medicamento, entidades de saúde, empresas do setor tecnológico, organismos da Administração Pública, instituições ligadas ao meio académico, entre outras entidades.

Durante três dias, a SPMS vai apostar num modelo dinâmico, com uma área dedicada a exposições e um enfoque na partilha de conhecimento e experiências, o evento centra-se num modelo de debate, conferência e entrevistas sobre diversos temas relacionados com a inovação de sistemas de informação, interoperabilidade, telesaúde, segurança e proteção de dados, big-data, apps e Mobilidade, e-procurement, e-commerce, literacia em saúde, robótica, cloud, entre outros.

Com a ambição de alavancar o posicionamento estratégico de Portugal na área de eHealth, o evento, de dimensão internacional, pretende valorizar o processo de Transformação Digital da Saúde, envolvendo a indústria farmacêutica, a Agência Europeia do Medicamento, entidades de saúde, empresas do setor tecnológico, organismos da administração pública, startups nacionais, instituições ligadas ao meio académico, entre outras entidades.

A participação no encontro é gratuita, mas carece de inscrição prévia.

Para saber mais, consulte:

Gratuito: DGS realiza cursos no âmbito da Saúde Escolar em Lisboa a 30 e 31 de Maio, e 14 e 15 de Setembro

DGS realiza cursos no âmbito da Saúde Escolar

No âmbito do Programa Nacional de Saúde Escolar (PNSE 2015) a Direção-Geral da Saúde vai  realizar dois Cursos de Formação destinados a todos os profissionais de saúde que realizam atividades de saúde escolar.

Os Cursos, com a duração de 16 h cada, não têm custos para os participantes e realizam-se nas seguintes datas:

  • 1.º CURSO: 30 e 31 de maio
  • 2.º CURSO: 14 e 15 de setembro

Conforme Programa Provisório em anexo. O local dos cursos é o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, Avenida Padre Cruz, 1649-016 Lisboa.

As  inscrições, limitadas a 25 pessoas, são feitas online.

Dia Mundial da Tuberculose a 24 de Março em Lisboa – DGS

Dia Mundial da Tuberculose - 24 de março

A Direção-Geral da Saúde, através do programa Nacional para a Infeção VIH, Sida e Tuberculose, assinala o Dia Mundial da Tuberculose, no próximo dia 24 de março, sexta-feira, com uma sessão comemorativa que terá início às 15h30, no 3º Piso do Ministério da Saúde, Av. João Crisóstomo, em Lisboa.

Nesta sessão serão apresentados os dados provisórios de 2016 e discutidos os objetivos e estratégias para 2017 e 2018.

A sessão contará com a presença do Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, e do ex-Presidente da República, Jorge Sampaio.

Informação do Portal SNS:

DGS assinala data, com sessão comemorativa, a 24 de março

A Direção-Geral da Saúde (DGS), através do Programa Nacional para a Infeção VIH, Sida e Tuberculose, assinala o Dia Mundial da Tuberculose, no próximo dia 24 de março, sexta-feira, com uma sessão comemorativa, que terá início às 14h30, na sede do Ministério da Saúde, na Av. João Crisóstomo, 3.º piso, em Lisboa.

Nesta sessão serão apresentados os dados provisórios de 2016 e discutidos os objetivos e estratégias para 2017 e 2018.

A sessão contará com a presença do Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, e de Jorge Sampaio, que foi Presidente da República entre 1996 e 2006 e se dedicou à luta contra a tuberculose, como Enviado Especial das Nações Unidas.

Programa

  • 14h30 Sessão de Abertura
    Francisco George, Direção-Geral da Saúde
  • 15h00 Apresentação dos dados provisórios de 2016
    Raquel Duarte, Programa Nacional para a Infeção VIH, SIDA e Tuberculose
  • 15h30 Objetivos e estratégias para 2017 e 2018
    Raquel Duarte e Isabel Aldir, Programa Nacional para a Infeção VIH, SIDA e Tuberculose
  • 16h00 Discussão e Encerramento
    Jorge Sampaio
    Adalberto Campos Fernandes, Ministro da Saúde

Sobre o Dia Mundial da Tuberculose

O Dia Mundial da Tuberculose, assinalado a 24 de março, foi definido em 1982, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em homenagem aos 100 anos do anúncio da descoberta do bacilo causador da tuberculose, em 1882, por Robert Koch.

Este ano, com o tema “Leave no one behind. Unite to end TB” (Não deixe ninguém para trás. Unidos para erradicar a tuberculose), recorda-se que esta doença é a segunda principal causa de morte no mundo, depois do VIH/Sida (Vírus da Imunodeficiência Humana).

Para saber mais, consulte:

Lançamento do livro “O Meu Espelho da Saúde Oral” em Lisboa a 20 de março

Lançamento do livro

A Direção-Geral da Saúde, a Rede de Bibliotecas Escolares e o Plano Nacional de Leitura no âmbito do projeto SOBE (Saúde Oral Bibliotecas Escolares) assinalam no próximo dia 20 de março, o Dia Mundial da Saúde Oral, numa cerimónia que terá lugar no Auditório da Escola Secundária D. Pedro V, em Lisboa, a partir das 9h30 horas.

O Dia Mundial da Saúde Oral resulta de uma iniciativa da Federação Dentária Internacional tendo este ano por lema “Boca Saudável ao Longo da Vida. Viva com confiança “.

A vocação do Projeto SOBE é fazer com que a integração da temática da saúde oral nos currículos escolares se torne inevitável, permitindo abordar os diferentes temas de uma forma mais competente e eficaz. Tem como objetivo central conceber e executar estratégias de promoção da leitura e da escrita, bem como, através das suas Bibliotecas, aumentar a qualidade da divulgação e da informação no universo das escolas.

Além da apresentação dos resultados de um questionário efetuado aos professores bibliotecários e profissionais de saúde envolvidos no Programa Nacional de Promoção de Saúde Oral será lançado nesta cerimónia o livro “O Espelho da Minha Saúde Oral”.
De autoria de Miguel Lopes Oliveira, este livro convida a uma interação direta com o leitor através de uma superfície espelhada, permitindo que a criança possa fazer uma autoavaliação da sua saúde oral. A obra dá também a conhecer as doenças orais e as suas consequências e propõem boas práticas em saúde.

O livro, cuja edição foi apoiada pela Fundação Serra Henriques, está integrado no projeto SOBE, estando prevista a distribuição de cerca de 2.300 exemplares a nível nacional, ou seja, um exemplar por cada biblioteca pertencente à Rede de Bibliotecas Escolares.

Sobre o autor
Miguel Lopes Oliveira, completou o Mestrado integrado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa. Atualmente é médico em Cirurgia Maxilofacial do Centro Hospitalar de Lisboa Central.

Dia Mundial da Saúde Oral a 20 de Março em Lisboa – DGS

Dia Mundial da Saúde Oral - 20 de março

A Direção-Geral da Saúde, a Rede de Bibliotecas Escolares e o Plano Nacional de Leitura no âmbito do projeto SOBE (Saúde Oral Bibliotecas Escolares) assinalam no próximo dia 20 de março, o Dia Mundial da Saúde Oral, numa cerimónia que terá lugar no Auditório da Escola Secundária D. Pedro V, em Lisboa, a partir das 10 horas.

O Dia Mundial da Saúde Oral resulta de uma iniciativa da Federação Dentária Internacional tendo este ano por lema “Boca Saudável ao Longo da Vida. Viva com confiança “.

A vocação do Projeto SOBE é fazer com que a integração da temática da saúde oral nos currículos escolares se torne inevitável, permitindo abordar os diferentes temas de uma forma mais competente e eficaz. Tem como objetivo central conceber e executar estratégias de promoção da leitura e da escrita, bem como, através das suas Bibliotecas, aumentar a qualidade da divulgação e da informação no universo das escolas.

Para mais informações consulte o Programa preliminar.

Informação do Portal SNS:

Comemora-se a 20 de março. Lema “Boca Saudável ao Longo da Vida”

A Direção-Geral da Saúde, a Rede de Bibliotecas Escolares e o Plano Nacional de Leitura, no âmbito do Projeto SOBE (Saúde Oral Bibliotecas Escolares), assinalam, a 20 de março, o Dia Mundial da Saúde Oral. A cerimónia terá lugar no Auditório da Escola Secundária D. Pedro V, em Lisboa, a partir das 10 horas.

O Dia Mundial da Saúde Oral resulta de uma iniciativa da Federação Dentária Internacional, tendo este ano por lema “Boca Saudável ao Longo da Vida. Viva com confiança”.

A vocação do Projeto SOBE é fazer com que a integração da temática da saúde oral nos currículos escolares se torne inevitável, permitindo abordar os diferentes temas de uma forma mais competente e eficaz. O objetivo central é conceber e executar estratégias de promoção da leitura e da escrita, bem como, através das suas bibliotecas, aumentar a qualidade da divulgação e da informação no universo das escolas.

A sessão de encerramento da cerimónia comemorativa conta com as presenças do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, do Secretário de Estado da Educação, João Costa, do Diretor-Geral da Saúde, Francisco George, e do Diretor-Geral da Educação, José Vitor Pedroso.

Temas:

  • Projeto SOBE e Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral
  • Contributo do Projeto SOBE para a promoção da saúde oral nos jardins-de-infância e nas escolas – apresentação dos resultados dos questionários efetuados aos professores bibliotecários e aos profissionais de saúde
  • Ferramenta pedagógica Smile Dance
  • Lançamento do livro “O Espelho da Minha Saúde Oral”
  • Aprender Saúde Oral a Dançar
  • Workshop “Lanche Saudável”
  • Visita à exposição itinerante sobre saúde oral
Para saber mais, consulte:

Programa

INSA

Gratuito: Sessão de Apresentação de Resultados do Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física – Porto e Lisboa – INSA

Os resultados do Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física serão apresentados nos dias 16 de março, no salão nobre da Reitoria da Universidade do Porto, e 17 de março, na sala 1 da Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa. O IAN-AF contou com a participação do Instituto Ricardo Jorge, através do seu Departamento de Promoção da Saúde e de Prevenção de Doenças não Transmissíveis.

Estas duas sessões públicas têm como objetivo apresentar os principais resultados do projeto e discutir a relevância dos mesmos para a definição de políticas públicas nas referidas áreas em Portugal e na Europa, perspetivando o desenvolvimento de um futuro sistema de vigilância que possa dar continuidade e coerência à recolha de informação no tempo e a apoiar intervenções efetivas. A inscrição nos eventos é gratuita mas sujeita a registo prévio e limitada à capacidade dos respetivos locais.

Os interessados em assistir à apresentação dos resultados, deverão efetuar a sua inscrição até 10 de março, através do preenchimento do seguinte formulário. Para mais informações, consultar o programa das sessões ou o site IAN-AF (2014-2016).

O primeiro Inquérito Alimentar Nacional (IAN) foi realizado, em 1980, pelo Centro de Estudos de Nutrição do Instituto Ricardo Jorge, com a colaboração do então Ministério da Agricultura e Pescas. Este inquérito foi agora retomado, através de um consórcio que envolveu investigadores nacionais e internacionais de nove instituições, tendo como promotor a Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

O IAN-AF visa recolher informação nacional sobre o consumo alimentar (incluindo a ingestão nutricional e dimensões de segurança e insegurança alimentares) e sobre a atividade física e a sua relação com determinantes em saúde, nomeadamente os socioeconómicos. Teve como base amostral o Registo Nacional de Utentes (RNU) do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e como população alvo os residentes em Portugal com idade compreendida entre 3 meses e 84 anos de idade.

O IAN-AF foi financiado pelo Programa Iniciativas em Saúde Pública, EEA-Grants. Este programa resulta do Memorando de Entendimento celebrado entre o Estado Português e os países doadores (Islândia, Liechtenstein e Noruega) do Mecanismo Financeiro do Espaço Europeu. Pretende contribuir para a redução das desigualdades económicas e sociais nas áreas de saúde designadas como prioritárias.