Relatório “Portugal – Controlo da Infeção e Resistência aos Antimicrobianos em Números – 2014”

«Com a presença do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Dr. Fernando Leal da Costa e do Diretor do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos, Professor José Artur Paiva, foi apresentado publicamente, no dia 6 de novembro, o Relatório “Portugal – Controlo da Infeção e Resistência aos Antimicrobianos em números – 2014”.»

Veja aqui o relatório.

IV Relatório com os dados do Registo do Aleitamento Materno 2013 – DGS

«Em 2008 foi criada uma base de dados capaz de produzir estatística sobre a prevalência do aleitamento materno, em conformidade com o preconizado pela Organização Mundial da Saúde, sediada na Direção-Geral da Saúde. A primeira em Portugal e entre as primeiras da Europa. Reconhecendo que os Hospitais/Maternidades e os Centros de Saúde são interlocutores privilegiados na proteção, promoção e apoio ao aleitamento materno, a Direção-Geral da Saúde alojou o formulário e a base de dados do Registo do Aleitamento Materno (RAM) na área reservada do site da DGS e divulgou a sua acessibilidade conforme Circular Informativa nº 26/DSR de 29/06/2010.

Este instrumento permite conhecer, entre outros dados, a taxa de iniciação de aleitamento materno e de manutenção até aos 24 meses de vida. Têm sido produzidos relatórios anuais desde 2010. O atual Relatório é referente a atividades de 2013.

Veja aqui o Relatório»

Relatório “Deteção Precoce da Epidemia Sazonal de Gripe” – INSA

«A deteção precoce da epidemia sazonal de gripe é fundamental para o planeamento e implementação adequado de um conjunto de procedimentos nas unidades de saúde, bem como nas recomendações de prevenção para a população.

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA, IP), através do Departamento de Epidemiologia desenvolveu um trabalho de investigação sobre a deteção precoce da epidemia sazonal de gripe, ao abrigo do protocolo celebrado com a Linha de Cuidados de Saúde (LCS, SA).

Usando informação colhida pela Linha de Saúde 24 durante as chamadas telefónicas de apoio e encaminhamento, elaborou-se um estudo descritivo retrospetivo, analisando várias séries temporais, definindo-se como período do estudo as épocas gripais de 2010 a 2013.


Os resultados mostram que é possível detetar de forma precoce o início da epidemia sazonal de gripe, estando estes sinais relacionados com a sintomatologia associada à gripe, mais concretamente à tosse.

A publicação encontra-se disponível no repositório científico institucional.

Consultar o relatório »

Veja todas as relacionadas:

Tag Gripe