Arquivo diário: 17/06/2016

Logo Infarmed

Alerta Infarmed: Suspensão imediata da comercialização e retirada do mercado de todos os lotes de sabonete creme (branco, rosa e azul) da marca Falgi

Circular Informativa N.º 090/CD/550.20.001 Infarmed Data: 16/06/2016

Para: Divulgação geral
Contacto: Centro de Informação do Medicamento e dos Produtos de Saúde (CIMI); Tel. 21 798 7373; Fax: 21 111 7552; E-mail: cimi@infarmed.pt; Linha do Medicamento: 800 222 444Na sequência de uma ação de supervisão de mercado verificou-se que os produtos “sabonete creme” (branco, azul e rosa), da marca Falgi, não cumprem os requisitos europeus e nacionais aplicáveis aos produtos cosméticos, pelo que o Infarmed ordena a suspensão imediata da comercialização e a retirada do mercado nacional destes produtos.

O Infarmed determina ainda que:
– As entidades que disponham destes produtos não os podem vender;
– Os consumidores que disponham destes produtos não os devem utilizar por não ser possível garantir a sua qualidade e segurança.

O Conselho Diretivo
Helder Mota Filipe

Prémio Nacional de Saúde 2016 – Regulamento e Formulário de Candidatura

Por Despacho Ministerial de 21 de Março de 2006 (inclui regulamento), foi criado o Prémio Nacional de Saúde, a atribuir, em cada ano, pela Direção-Geral da Saúde, no dia 4 de Outubro, data da comemoração da sua criação em 1899.

O Prémio Nacional de Saúde visa distinguir anualmente, pela relevância e excelência, no âmbito das Ciências da Saúde, nos seus aspetos de promoção, prevenção e prestação de cuidados de saúde, uma personalidade que tenha contribuído, inequivocamente, para a obtenção de ganhos em saúde ou para o prestígio das organizações de saúde no âmbito do Serviço Nacional de Saúde.

A atribuição do Prémio obedece ao Regulamento aprovado em anexo ao despacho que aprovou a sua atribuição.

Nos termos do artigo 2º do regulamento acima referido, a apresentação de candidaturas ou indigitação de candidatos é feita através do preenchimento, pelo próprio ou por terceiros, de um formulário que agora se disponibiliza neste sítio da Direção-Geral da Saúde.

As fichas de candidatura, devidamente preenchidas, devem ser enviadas por carta registada com aviso de receção ou entregues em mão em envelope fechado na receção das instalações da Direção-Geral da Saúde, referenciando a seguinte morada:

Diretor-Geral da Saúde
A/C do Diretor do Departamento da Qualidade na Saúde
Prémio Nacional de Saúde
Alameda D. Afonso Henriques, nº 45
1049-005, Lisboa

Informação do Portal da Saúde:

Prémio Nacional de Saúde 2016

DGS informa estarem abertas as candidaturas ao galardão anual.

Encontram-se abertas as candidaturas para o Prémio Nacional de Saúde 2016. O galardão foi criado em 2006 e visa distinguir anualmente, pela relevância e excelência, uma personalidade que tenha contribuído para a obtenção de ganhos em saúde ou para o prestígio das organizações de saúde no âmbito do Serviço Nacional de Saúde.

Os laureados do Prémio Nacional de Saúde em 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015 foram, respetivamente:

  • Albino Aroso
  • Fernando de Pádua
  • Mariana Diniz de Sousa
  • Carlos Silveira
  • Daniel Serrão
  • Alexandre José Linhares Furtado
  • Odette Santos Ferreira
  • Levi Eugénio Ribeiro Guerra
  • José Cunha-Vaz
  • João Lobo Antunes

A apresentação de candidaturas ou indigitação de candidatos é feita através do preenchimento, pelo próprio ou por terceiros, de um formulário disponível no site da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Documento: Programa Nacional para a Saúde da Visão – Revisão e Extensão 2020 – DGS

Programa Nacional para a Saúde da Visão
O Programa Nacional para a Saúde da Visão aplica-se, fundamentalmente, através da implementação de estratégias de intervenção e do desenvolvimento de planos a nível nacional integrados, os quais devem ser replicados e adequados regionalmente, tendo em conta as especificidades e os recursos locais existentes a fim de melhorar o acesso universal da população aos cuidados de saúde visual.
Veja aqui o Documento

Abertos 8 Concursos de Enfermeiros, TDT, Assistentes Técnicos e Assistentes Operacionais – CHLO

CHLO

Informa-se que se encontram abertos procedimentos conducentes à criação de bolsa de recrutamento nas categorias abaixo referidas, pelo prazo de 5 dias úteis a contar da data da publicação dos respetivos anúncios, em 15/06/2016, tendo em vista o preenchimento das necessidades que vierem a ocorrer no CHLO.

O Prazo termina a 21/06/2016.

Todas as questões deverão ser dirigidas ao Centro Hospitalar Lisboa Ocidental.

Aberto Concurso para Técnico Superior em Mobilidade – Hospital Garcia de Orta

Hospital Garcia de Orta

ADMISSÃO DE TÉCNICO SUPERIOR – Logística (m/f)

(EXCLUSIVO PARA PESSOAL COM VINCULO À ADMINISTRAÇÃO PUBLICA)

CONSTITUIÇÃO DE BOLSA DE CANDIDATOS 

Admitimos técnicos superiores, através do regime de mobilidade da administração pública, para integrar a equipa afecta à área de Logística/Compras/Aprovisionamento.

1.     As candidaturas devem ser efetuadas EXCLUSIVAMENTE através do preenchimento do formulário eletrónico, disponível no site www.hgo.pt, mencionando a Referência “TS.LOG.CED”, em campo próprio, devendo anexar os seguintes documentos:

                        – Curriculum Vitae

                        – Cópia(s) do(s) Certificado(s) de Habilitações

                        – Declaração comprovativa de vínculo a instituição da administração pública.

2.     O prazo de candidatura é fixado em 30 (trinta), a contar desta publicação, ou seja, só serão analisadas as candidaturas rececionadas até às 23.59 horas do dia 16 de julho de 2016.

3.     O(a) candidato(a) deverá possuir os seguintes requisitos:

             I.        Requisitos Obrigatórios:

                        a)     Possuir Contrato de Trabalho em Funções Públicas ou Contrato Individual de Trabalho com Entidades Públicas;

                        b)    Possuir a categoria de Técnico Superior na Instituição de origem;

                        c)     Licenciatura em Gestão, Administração ou Economia;

                        d)    Experiência no mínimo de 3 anos na área de contratação pública;

            II.        Requisitos Preferenciais:

                        a)     Sólidos conhecimentos na área de contratação pública;

                        b)    Sólidos conhecimentos na utilização de plataforma electrónica de contratação;

                        c)     Conhecimentos de utilização do Portal Base.Gov;

                        d)    Utilizador avançado nas ferramentas do Microsoft Office (Excel e Word).

           III.        Competências comportamentais:

                        a)    Planeamento e organização

                        b)    Trabalho de Equipa e cooperação

                        c)    Orientação para os Resultados

                        d)    Organização e método de trabalho

                        e)    Análise da informação e sentido crítico

                         f)     Iniciativa e autonomia

                        g)    Otimização de recursos

                        h)     Responsabilidade e compromisso com o Serviço

4.     Consideram-se sem efeito todas as candidaturas espontâneas recebidas até à data desta publicação, que não respeitem o previsto no ponto 1.

5.     O método de seleção a utilizar consiste nas 3 fases abaixo indicadas:

                        §  1.ª Fase: Avaliação curricular

                        §  2.ª Fase: Aplicação de testes psicométricos

                        §  3.ª Fase: Entrevista de seleção profissional e de avaliação de competências

6.     Grelha de Avaliação

                        60% – entrevista profissional de seleção e avaliação de competências

                        30% – avaliação curricular

       10% – testes psicométricos

7.     O Júri pode solicitar a todo o tempo a documentação adicional que considerar pertinente.

8.     Na entrevista deverão ser portadores dos documentos originais das declarações prestadas na candidatura, para o caso de serem pedidos.

9.     Serão considerados como motivos de exclusão a não comparência à entrevista de seleção profissional e as falsas declarações.

10.  A bolsa de candidatos será válida pelo prazo de 6 meses, contados a partir da data de afixação da lista de classificação final, ou antes, pelo esgotamento da mesma.

Concurso para Assistentes Operacionais do Hospital de Guimarães: Análise Curricular e Lista Final

Saiu a Análise Curricular e Lista Final relativa ao Concurso para Assistentes Operacionais do Hospital de Guimarães.

Veja a Análise Curricular e Lista Final – Ata 3

Todas as questões deverão ser dirigidas ao Hospital de Guimarães.

Veja todas as publicações deste concurso em:

Tag Concurso para Assistentes Operacionais do Hospital de Guimarães