Arquivo diário: 09/11/2016

Urgente, 2 Dias Úteis: Aberto Concurso para Técnico Superior de Segurança no Trabalho – CH Médio Ave

Lista de Candidatos

«Faz-se público que se encontra aberto um procedimento concursal externo urgente no Centro Hospitalar do Médio Ave, EPE (CHMA), para a contratação  de um(a)  Técnico(a) Superior da Área de Segurança no Trabalho, em regime de Contrato Individual de Trabalho por tempo indeterminado.

Visualizar o AVISO

Visualizar a ACTA Nº 1

Visualizar o FORMULÁRIO »

Veja todas as publicações deste concurso em:

Gratuito: Encontro Sobre “Saúde Mental Comunitária: Presente e Futuro” a 21 de Novembro em Lisboa

Encontro sobre “Saúde Mental Comunitária: Presente e Futuro”

A Federação Nacional das Entidades de Reabilitação de Doentes Mentais organiza o Encontro de Reflexão e Avaliação no âmbito do Projeto rI(Age) IV, sob o tema “Saúde Mental Comunitária: Presente e Futuro”, que se realiza no próximo dia 21 de novembro, no Auditório do Centro de Informação Urbana de Lisboa, a partir das 9h00.

As inscrições são gratuitas, mas de carácter obrigatório até dia 17 de novembro.
Para se inscrever deve preencher aqui o formulário.

Projeto “Ver o Futuro”: ULS Litoral Alentejano Oferece Lentes e Armações a Estudantes Carenciados Dos 3 Aos 18 Anos

No âmbito do projeto “Ver o Futuro”, a Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) vai oferecer lentes e armações a estudantes, dos três aos 18 anos, com problemas de saúde visual, cujas famílias não tenham capacidade financeira para comprar óculos.

De acordo com o Presidente do Conselho de Administração da ULSLA, Paulo Espiga, o projeto “Ver o Futuro” nasceu da verificação, através do trabalho da equipa de Saúde Escolar, que “há alguns jovens que têm problemas de saúde visual graves, mas que os pais não têm capacidade para adquirir óculos”.

Isso compromete não só a visão, que se vai degradando, como o percurso escolar, afirma o responsável, indicando que o projeto está enquadrado como iniciativa de responsabilidade social da ULSLA.

Após referenciados e com a situação de incapacidade económica devidamente validada por assistentes sociais, aos jovens, dos 3 aos 18 anos, que frequentem a escola são oferecidas as armações e as lentes.

“Arranjámos um parceiro, que nos vai fornecer as lentes e os óculos a preço de custo e assim garantimos que estas crianças têm a sua saúde visual identificada e tratada”, explicou Paulo Espiga.

O projeto prevê que, uma semana após a referenciação, os jovens tenham uma consulta de oftalmologia nos serviços da ULSLA, sendo-lhes fornecidos os óculos num prazo de um mês.

Visite:

Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano – http://www.hlalentejano.min-saude.pt/

Gratuito: Caminhada Noturna pelos Miradouros de Lisboa a 12 de Novembro

Caminhada Noturna pelos Miradouros de Lisboa - 12 de novembro

Para assinalar o Dia Mundial da Diabetes, que se comemora a 14 de novembro, a Câmara Municipal de Lisboa organiza no próximo dia 12 de novembro, sábado, uma Caminhada Noturna pelos Miradouros de Lisboa, com início marcado pelas 16 horas no Jardim do Príncipe Real.

Este evento conta com o apoio do Programa Nacional para a Diabetes da Direção-Geral da Saúde, entre outros parceiros.

Para mais informações consulte o Programa.

Parentalidade Positiva em Debate a 14 de Novembro em Lisboa

Parentalidade Positiva em debate

A Direção-Geral da Saúde e a Comissão para a Cidadania e a Igualdade Género, com o alto patrocínio do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde e da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, estão a organizar, em parceria, um seminário no domínio da promoção da Parentalidade Positiva, centrado no tema a Paternidade Cuidadora e Saúde.

O evento decorrerá no próximo dia 14 de Novembro, segunda-feira, das 15h00 às 18h00 no Auditório do ACES Lisboa Norte/Centro de Saúde de Sete Rios.

Para mais informações consulte o Programa.

Informação do Portal SNS:

DGS e a Comissão para a Cidadania e a Igualdade Género promovem debate

A Direção-Geral da Saúde (DGS) e a Comissão para a Cidadania e a Igualdade Género (CIG), com o alto patrocínio do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, e da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino, estão a organizar, em parceria, um seminário no domínio da promoção da Parentalidade Positiva, centrado no tema a Paternidade Cuidadora e Saúde.

O evento realiza-se dia 14 de novembro, das 15 às 18 horas no Auditório do Agrupamento de Centro de Saúde (ACES) Lisboa Norte/Centro de Saúde de Sete Rios.

Do programa fazem parte as mesas redondas ” Os desafios da paternidade cuidadora” e “Respostas aos desafios”.

Programa

15 horas – Abertura

Catarina Marcelino, Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade; Francisco George, Diretor-Geral da Saúde; Teresa Fragoso, Presidente da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género; Manuela Peleteiro, Diretora Executiva do ACES Lisboa Norte.

15h15 – Mesa 1 – Os desafios da paternidade cuidadora

Moderação – João Paiva (CIG)

  • Homens e igualdade de género em Portugal – Karin Wall/Vanessa Cunha (CES)
  • Paternidade cuidadora na perspetiva da Saúde – Vasco Prazeres (DGS)

16h15 – Mesa 2 – Respostas aos desafios

Moderação – Bárbara Menezes (DGS)

  • Participação dos homens em cuidados na Maternidade – Lisa Ferreira Vicente (Maternidade Dr. Alfredo da Costa)
  • Transição para a paternidade – O plano de nascimento – Ana Lúcia Torgal (ACES Lisboa Ocidental e Oeiras)
  • Programa-P em Portugal – Um trabalho experimental – Maria Neto Leitão (Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

17h30 – Debate

17h50 – Síntese: Teresa Fragoso e Vasco Prazeres

Hospital de Santarém Tem Em Execução Dois Projetos de Modernização no Valor de 4 Milhões de Euros

Em execução projetos com o apoio do Portugal 2020

O Hospital Distrital (HD) de Santarém tem em execução dois projetos de modernização dos equipamentos clínicos e das infraestruturas de suporte tecnológico, financiados por fundos comunitários, no âmbito do Portugal 2020, prevendo-se a sua conclusão até ao final de 2017.

De acordo com o hospital, a sua crescente especialização no tratamento de doenças de maior complexidade é acompanhada por uma tendência de crescente diferenciação dos serviços e dos meios complementares de diagnóstico e terapêutica.

Assim, para fazer face ao desafio, decidiu investir em novos equipamentos e novos recursos diagnósticos e terapêuticos, tendo submetido candidatura a dois dos dezasseis Programas Operacionais do Portugal 2020.

O projeto “Modernização e Inovação dos Equipamentos Clínicos” foi submetido ao Alentejo 2020, no valor total de investimento de 3.134.889,39 €.

De acordo com o hospital, este projeto possibilitou a modernização dos equipamentos e sistemas de informação dos Serviços de:

  • Anatomia Patológica
  • Blocos Operatórios (Bloco Operatório Central e Unidade de Cirurgia de Ambulatório)
  • Cardiologia
  • Cirurgia Geral
  • Gastrenterologia
  • Ginecologia / Obstetrícia
  • Imagiologia
  • Medicina Física e Reabilitação
  • Oftalmologia
  • Pneumologia

Por sua vez, o projeto de “Desmaterialização do Processo Clínico – Modernização das Infraestruturas de Suporte” foi submetido ao Compete 2020/SAMA 2020, no valor total de 799.002,99 €.

Este projeto visa responder, de forma eficiente, às crescentes exigências dos sistemas de informação implementados, ao nível do armazenamento, da distribuição de imagens médicas com visualizador web e da modernização da infraestrutura da rede de dados local, possibilitando a desmaterialização do processo clínico, com a inerente simplificação dos procedimentos internos e celeridade no atendimento (clínico e administrativo), garantindo o aumento da eficácia, eficiência e qualidade dos cuidados de saúde prestados aos utentes.

O Portugal 2020 é o novo ciclo de programação dos fundos europeus, que substituiu o antigo QREN – Quadro Estratégico de Referência Nacional. Foi estabelecido um acordo de parceria entre Portugal e a Comissão Europeia, no qual foram definidos os princípios e objetivos da política de desenvolvimento económico, social e territorial, a promover em Portugal, entre 2014 e 2020.

“São investimentos como estes que trazem inovação ao Hospital Distrital de Santarém, EPE, com claras vantagens para os profissionais de saúde e os utentes, posicionando-o num patamar de prestação de cuidados de elevada qualidade e que possibilitará futuros desafios tecnológicos”, conclui o hospital.

Visite:

Hospital Distrital de Santarém –  http://www.hds.min-saude.pt/